sexta-feira, maio 18, 2012

Vôos mágicos precisam seguir


*

" Me fale de uma dor, com pouco rancor
que não tenha motivo o amor...
Nossas dores...
ninguém disse ao nascermos que as teríamos!
Descobre-se ao longo da jornada,
enquanto se vai arando o imenso jardim
na esperança de se deparar com as flores.
Na certeza de se encontrar asas multicores,
de receber a chuva, o orvalho e,
por que não, uma gota de lágrima?
Não existe solidão aparente,
porque sempre estamos com nós mesmos!
O que existe é essa estranha dependência, 
do achar que temos alguém, um pedaço de alguém, 
uma alma que caminha paralelamente aos nossos anseios.
De todo modo, nos machucamos muitas vezes por tão pouco...
Mas se não tiver uma dor, uma lágrima,
também não terá graça nosso jardim.
E se não tiver flores, não teremos visitantes alados, 
nem anjos, nem borboletas.
E se eles não vierem, nossa poesia não flui, 
não viaja, não toca corações distantes.
Que suas dores sejam mutações de um novo tempo
porque afinal de contas, se pudesse você,
se pudesse eu, se pudéssemos todos,
transformaríamos juntos o mundo para melhor
e se assim fosse possível,
teríamos um planeta regado por uma felicidade que nem você, 
nem eu e mais ninguém ainda saberia definir.
Sorria pequena e sensível Fada alada.
Seus vôos mágicos precisam seguir, porque apesar de tudo,
cada toque seu, em cada coração que visita, 
tem um poder que eu, sinceramente, não sei definir.
Mas posso dizer que possui algo misterioso, místico,
que nasce nos confins da tua alma
e se expande por distâncias incalculáveis.

Sorria!

Hoje e sempre!

Porque você é assim, única e especial! "

Amigo Pedro

*



*

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

67 comentários:

Luis Eduardo Pirollo disse...

Olá minha querida amiga Sissym, boa noite!!!
Que bela homenagem lhe fez o seu Amigo Pedro, ficou maravilhosa. E é isso minha amiga, a vida não pode parar e nem esperar que remendemos os pedaços de nosso coração a cada desilusão, é preciso continuar, o jardim precisa florescer, os vôos precisam seguir e o encanto não pode morrer, é sorrir e seguir... Que em seu caminho tenham apenas flores.
Tenha uma linda noite e um maravilhoso e abençoado final de semana!!!
Beijos e muita paz!!!

Petro Neagu disse...

Such a lovely way of describing humans' life! It's true, pain is our companion throughout our existence and it's part of our life's beauty...but I could never put it so beautifully in words :)

Kisses, dear Sissym

lena disse...

Lindo texto, gostei muito.
Beijinhos grandes.

Por Nestor Alcará disse...

Olá Sissym, tudo bem?
Realmente, todo mundo se machuca, uns mais outros menos, depende como cultivamos nossos jardins.
A dor física e psíquica, dentro de seus limites, é fundamental para nosso desenvolvimento humano. É mais ou menos assim: Se eu nunca cair não vou aprender levantar, se nunca ouvir um não, não saberei o que é contrariedade...
Apesar das quedas e dores, é preciso seguir adiante. Somos responsáveis pelo nosso jardim.
Bom fim de semana!

Albuq disse...

Que lindo Sissym!

O pior é que nos machucamos sempre. Nossa caminha de aprendizado parece ser a base de obstáculos e dificuldades que nos machucam, mas nos deixam mais forte.

bjs

Paty Michele disse...

Ei, fadinha, foste presenteada com essas palavras lindas? Que carinho!

Um ótimo fim de semana pra vc!

PS: Seu espaço já consta no meu blogroll, preciso passar sempre por aqui pra ver o que a fadinha trouxe. rsrsrs

Vera Alvarenga disse...

Olá Sissy!
Que delícia deve ter sido receber este poema. Lindo!
Beijos e ótimo final de semana!

Barbie Californiana disse...

O amor parece estar presente em quase tudo, Fadinha! Mas de tão complicado que ele é, nem todos conseguem conduzí-lo sem sofrimento... às vezes o encanto dele está no sofrimento!? Linda poesia... beijos e tudo de bom!

She disse...

Ah que coisa linda,amei isso!
Bjbj
She

Milene Lima disse...

A amizade é algo tão sublime, me toca de maneira tão intensa que me foge o lexo...

Que maravilha ser homenageada assim, em poesia tão linda, por um amigo querido.

Parabéns aos dois...
Beijo, Sissym.

Van disse...

Oi Sissym,

você tem cada amigo inspirado!

Que lindo texto!

Mas devo dizer o que penso: O que magoa não é o amor, é o relacionamento, as expectativas que colocamos nos outros, nossas necessidades que depositamos neles. isto não é amor é relacionar-se com o outro, amor é sentimento que dá vida e não dor, a dor vem das nossas limitações(quero dizer de ambos que se relacionam), daquilo que não está maduro o suficiente para ser condutor do amor, nasce a dor.

Beijos!

Cecilia sfalsin disse...

Se você não sorriu com esta poesia suas asas não tem restauração..rsrs, linda...e amei quando ele diz sobre a dor, as lágrimas , as flores e o jardim....tudo isto complementa o coração e os sentimentos...tudo isto fala de você...

Beijos linda fada..

Rike disse...

Olá, Sissym!
Concordo totalmente, sem tirar nem pôr, com o Amigo Pedro!
Bjs!
Rike.

P.s.: quando voar, por favor, não deixe de passar por aqui!kkkkkk

Bia Hain disse...

Sissym , que tudo o texto que seu amigo Pedro escreveu! Depois dele, qualquer comentário parece perder seu efeito. Bem, o que posso dizer é que as lágrimas são necessárias para regar o jardim e tornar as flores ainda mais bonitas e viçosas para que contem com a presença de seres especiais. Concordo que não estamos nunca sozinhos porque temos sempre a nós mesmos, e que pessoas belas como você se tornam ainda mais completas, mas dividir nossa completude com alguém é maravilhoso. Porque se não fosse para ser assim, não haveria o sentimento amoroso que une os casais, não é? Nos bastaríamos sozinhos. tenho orgulho de ainda existirem no mundo pessoas lindas e sensíveis como você e seu amigo Pedro. Um abraço!

Teresa Cristina flordecaju disse...

Oi, minha querida!

Uma boa semana, cheia de carinho e muita poesia.

Um cheiro.

Teresa.

unikorna disse...

Yes we are never alone for we are always with ourselves, that's a nice assumption. Your enchanting words are really inspiring, Sissym, but I expect nothing less from you :).

Isa E. disse...

Oi, Sissym!
Que texto lindo! E que homenagem especial!
Acho que todo o sofrimento da vida existe porque somos capazes de amar...É o amor, que machucado, sofre. Então, o sofrimento ao longo do caminho, talvez seja um bom sinal, não é? De que temos um coração que ama...
Eu também concordo com o Pedro...suas visitas de fada são muito especiais! Sempre me fazem sorrir :)
Um beijo bem carinhoso!

Sissym disse...

@Luis Eduardo Pirollo: Todo dia, Luis, eu imagino que meu caminho é florido, mesmo quando preciso derramar algumas lagrimas.
Beijos

Sissym disse...

@Petro Neagu: He can write so magical. It seems that I drive him. I am happy with this.

Kisses

Sissym disse...

@lena: Lena, muito obrigada.
Bjs

Sissym disse...

@Por Nestor Alcará: Olá Nestor Acará! É um prazer recebe-lo e ter este comentario tão sensivel.

Obrigada.

Sissym disse...

@Albuq: Marcia, voce vai viver feito eu, Fada. Milhares de anos! Pensei em voce e eis!!!! mal acredito! Obrigada pelo comentario.


Beijos

Sissym disse...

@Paty Michele: Na qualidade de Fada, informo que fui muito veloz e vc tambem está guardada com carinho!

beijos

Sissym disse...

@Vera Alvarenga: Vera, eu já o li assim: 1.000.000 de vezes e sorrio feito boba sempre! rsss


Beijos

Sissym disse...

@Barbie Californiana: Aprendi, curiosamente..., que as dores do amor produzem poesias e musicas mais belas do que no auge dele.

Beijos

Sissym disse...

@She: ..... (suspiro de Fada)! Eu tambem amei demais!

beijos

Sissym disse...

@Milene Lima: Milene,

o mundo virtual é muito delicioso, recebemos gratuitamente toda forma de carinho e atenção. Eleva nossa estima.

Beijos

Sissym disse...

@Van: Van, onde é o seu consultorio? rsss Adorei sua explicação. Quero mais! Concordo com seu ponto de vista!

beijos

Sissym disse...

@Cecilia sfalsin: Cecilia, até fiquei preocupada com minha asas. Felizmente, estão intactas! rsss

O Pedro é demais, toca meu coração.

Beijos

Sissym disse...

@Rike: Rike, ele é pura poesia... beijos

Sissym disse...

@Bia Hain: Bia,

Eu guardei com carinho este comentario dele, pq me faz bem. O objetivo é fazer com que sorriam, sintam algo bom dentro de si, acreditem em valores espirituais e que a esperança é uma das flores deste jardim.

beijos

Sissym disse...

@Teresa Cristina flordecaju: Teresa, adorei lhe ver! Muito obrigada. A ti tambem. Tudo de bom.

Beijos

Sissym disse...

@unikorna: This is inspiration!

My dear friend: thanks!

Sissym disse...

@Isa E.: Isa, é porque minhas poesias não brotam do nada e sim de experiencias vividas, alegres ou sofridas.

Beijos

Sérgio Santos disse...

Que bela homenagem ao seu amigo, Sissym! Fiquei com inveja! rs Desculpe a demora pra voltar aqui! :( Bjão, Fadinha! (bancando o íntimo... rs)

Luma Rosa disse...

Bom dia, Sissym!!
As nossas dores, todas elas são dores de amor!! Não existe dor que não seja de amor, pois todas as dores envolvem o nosso sentir. O que magoa, não é o físico, portanto, são dores de amor! Por mais prático que seja o nosso cotidiano, a dor será de amor!
De certa forma estamos em sincronia!!
Beijus,

Élys disse...

Durante a vida muitos machucados acontecem, creio que o importante é analisá-los para tentarmos evitá-los.
Um texto muito bom com muita sensibilidade.
Beijos.

Sissym disse...

@Sérgio Santos: Seu boboca, não fique não, afinal tambem gosto muito de voce.

Beijos

Sissym disse...

@Luma Rosa: E com estas dores invisiveis, vamos transformando em poesia as palavras para que muitos suspirem, sonhem, acreditem, pensem.

Beijos

Sissym disse...

@Élys: Élys, o texto é lindo demais. Ate hoje eu o releio, para mim foi um grande presente.

Beijos

Camille disse...

Que bonito fadinha. E concordo com voce: as vezes sofremos por tao pouco. Precisamos aprender a ficarmos mais "zen" dar tanta importancia ao minusculoe pensarmos no fato de estarmos aqui e agora, um instante magico, para aproveitar.
Do que voce me comentou, esta aqui meu e-mail:
cameliadepedra_1@yahoo.com.br
Se quiser conversar, uma opiniao, pode ser. Estou longe,mas é bom conversar. Bjao

silvioafonso disse...

.





Sissyn, amanhã, 23, eu escreve-
rei no Blog do Bar do Escritor
e adoraria contar com a sua
crítica no rodapé do meu
texto.
Amanhã, com certeza eu estarei
falando sério.

http://bardoescritor.blogspot.com.br/


Conto com você.

silvioafonso







.

Pedro Brasil Jr disse...

Sissym:
Ah! Essas correntes térmicas que me impulsionam ao limite extremo da altitude!
As vezes preciso sim alçar vôos diferentes, mais arriscados. É a aventura da vida que me leva a encontros inusitados. Mas geralmente trata-se apenas de uma busca desenfreada por palavras. Apenas isto!
Da distância ouvi seu chamado ecoando pelas ondas do tempo e só não vim antes porque ultimamente, e não sei quais os motivos, não tenho encontrado as palavras que preciso.
Talvez seja necessário ir mais além, me liberar dessa rotina cansativa, ilhado em problemas que acabam contribuindo para que eu adie as novas aventuras.
Preciso de paisagem, de novos ares! Preciso de matas, de rios, de oceanos.
Preciso contar estrelas e vislumbrar o nascer de uma Lua cheia. Preciso catar conchinhas alheio a tudo, ouvindo apenas a doce canção das ondas que chegam à praia.
Mas é preciso sim lutar durante cada dia que passa. E muitas vezes, preciso obrigatoriamente encontrar palavras que digam respeito aos textos inerentes ao meu trabalho.
Tem dias que tudo flui rapidamente já em outros, parece que a mente dá uma travada.
Mas isso faz parte da jornada e as vezes fico aqui em minha ilha conversando comigo mesmo, porque o volume de informações ultrapassa a minha capacidade de carga. Não há com quem debater, discutir e trocar isso tudo. Mas já estou bem conformado com isso!
Dessa maneira, regressei do meu vôo para atender o teu chamado, já que te considero, e não sei bem porque, uma irmã de alma. E isso, só por si, já é extremamente fenomenal e gratificante.
Vi no seu espaço o texto que te mandei faz algum tempo. Li e reli várias vezes e num repente descobri que as palavras também valem para mim. Sei que vieram daquela fonte que preservo a sete chaves e é por isto que muitas vezes, eu mesmo me surpreendo com esses escritos.
São palavras mágicas, verdadeiros tesouros que não se entrega a qualquer um. Somente para pessoas especiais, em sintonia, por alguma razão, com a mente da gente. Poucas pessoas em minhas andanças me proporcionaram algo similar.
Eu vivo de sentidos e procuro sempre estar com todos bem aguçados. As vezes me engano, até porque, os enganos fazem parte da nossa caminhada. Quando regresso pelo tempo, muitas vezes imagino como teria sido se minhas decisões tivessem sido diferentes. Mas uma voz lá no fundo me diz que não há como mudar os rumos. Eles estão prontamente definidos, aguardando cada um de nossos passos. Resta apenas seguir adiante.
Sinto que talvez seu coração esteja um cadinho amargurado, mas sinto que apesar disso, a tua vida segue normalmente. As vezes há que se engolir um sorriso, porque certas dores são só nossas, bem profundas. Mas a gente sorri e se reforça, porque um novo dia está para chegar e com ele, novas esperanças. Eu espero que em seus voôs de fada, você esteja por ai atraindo palavras como consegue atrair tantas pessoas. Acho esse seu poder maravilhoso, sem nenhum pouco de inveja. Mas como já te disse um dia, nós, por alguma razão, apesar de todos ao redor, nos sentimos sim, como uma ilha. Defeito? Não! O dom é fabuloso, fantástico e a missão, acredite, sempre sublime.
Te agradeço vez mais por este carinho imenso e por esta comunicação mental tão misteriosa, e tão agradável também. Me fizeste aterrisar hoje.Me fizeste escrever aleatóriamente, direto aqui, sem correções, sem pausas. Só espero que na essência, nasça mais uma flor para este seu imenso jardim!
Um grande abraço! –
22/05/12 21H20MIN

Sissym disse...

@Pedro Brasil Jr: Pedro, querido amigo,
nunca consigo ler voce uma unica vez.
Cada releitura é uma nova descoberta. É vontade de alçar voo trazendo da mente, de um espirito alegre, as palavras para encantar.

Cada frase que escreveu, definiu como tambem me sinto. Talvez voce seja um espelho meu, ou isso mesmo, uma alma gemea irmã.

Fico imensamente feliz em saber que mesmo que more distante, na verdade, estamos proximos.

Voltarei mais e mais vezes, pq tenho mais a interpretar e a transformar.

Obrigada, fiquei iluminada de tanto sorrir.

Beijos

Sissym disse...

@Camille: Camille, se eu gostava de voce sem saber o que faz, agora ainda acrescento admiração. Fico imaginando a riqueza de sua vida, pois tras na bagagem amor e experiencias.

Beijinhos

Sissym disse...

@Camille: Camille, se eu gostava de voce sem saber o que faz, agora ainda acrescento admiração. Fico imaginando a riqueza de sua vida, pois tras na bagagem amor e experiencias.

Beijinhos

Sissym disse...

@silvioafonso: Silvio, obrigada pelo convite, já está agendado, eu irei comparecer.

Beijinhos

Leninha disse...

Minha querida Sissyn,

Que no seu jardim as borboletas venham pousar e os duendes,libélulas e fadas estejam sempre a voejar.
Lindo o poema de seu amigo...

Bjssss,
Leninha

Cecília Romeu disse...

Sissym, moça simpática!
Primeiro, adorei teu comentário lá no Humoremconto, fiquei imaginando a situação... e nem sabia que você é mãe.

Pelo que entendi é uma homenagem á você. Lindo texto, delicado e sensível. Creio que as fadas, os anjos... existem em forma de gente amiga que compartilha a vida conosco e assim tudo fica melhor, como se fosse uma linda poesia.

Beijos e ótimos dias!

Sissym disse...

@Leninha: Eu vivo mesmo num jardim, porque sempre eu penso no melhor, eu vejo a vida de maneira doce, mesmo que muitas vezes seja o contrario.

Beijinhos

Sissym disse...

@Cecília Romeu: Já faz algum tempo, querida Cecilia, que tomei um rumo, o de compartilhar assuntos bons que engrandeçam e que faça o bem. Seja refletindo, seja suspirando.

Este presente foi muito especial.

Bjs

Simone butterfly disse...

Que lindo esse voar, me senti uma verdadeira borboleta rumo ao infinito, rs, beijinhos☻

Waldir disse...

Que blog lindo meus parabéns o poema é maravilhoso.

Pepa disse...

Oi Sissy, é a Vi,quando temos amigos que enchem nosso coração de ternura nossas dores sempre ficam menores e conseguimos prosseguir nossa jornada.
Muitos beijos,Vi

silvioafonso disse...

.



Sissym,
se não for pedir muito,
volte ao Bar do Escritor;
http://bardoescritor.blogspot.com.br/
porque lá eu agradeço a
sua presença e o belo dis-
curso que fez pra mim.

Um beijão e obrigado.

Palhaço Poeta
silvioafonso








.

Vanessa Alves disse...

Muito lindo, sem palavras.

Vanessa Alves disse...

Estou te seguindo, se gostar me segue também?http://aquelahistoriana.blogspot.com.br

vendedor de ilusão disse...

Olá, vim saber das novidades e lhe desejar um ótimo final de semana!

Samieh Saleh disse...

Muito lindo!
Estou seguindo o blog!
Beijos
http://salehsamieh.blogspot.com.br/

Sissym disse...

@Samieh Saleh: 
Samieh, muito obrigada.
É benvinda!
BEIJOS

Sissym disse...

@Simone butterfly: Si, rumo ao infinito... eu vivo indo até ele.

Bjs

Sissym disse...

@Waldir: Waldir, muito obrigada.
Beijos

Sissym disse...

@Pepa: Vi, as palavras dele sempre me confortam. Obrigada por vir hoje, 24.05, é o meu aniversario.

Bjs

Sissym disse...

@silvioafonso: Silvio, regressarei sim. Agradeço por avisar. Beijos

Sissym disse...

@Vanessa Alves: Vanessa, obrigada.

Sissym disse...

@Vanessa Alves: Com certeza, irei.
bjs

Sissym disse...

@vendedor de ilusão: Olá Amigo, eu tive sim, um otimo fds. Obrigada!