Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, outubro 14, 2012

Razão e Sensibilidade



Percorre meu corpo a sensibilidade
ora me deixa embriagada de poder
ora me deixa cega de tanta vontade
variando nos detalhes a intensidade:

da Sensatez

Para que?!

O que pode me levar à loucura é a razão
Estímulos internos ou externos faiscam
Num processo para se chegar a decisão
Das impressões que na alma dominam:

A capacidade de sentir.

Percepção acentuada ou mesmo aguda
Arrepios resplandecem milimetricamente
Conduzindo dos pés até a boca carnuda
A imaginação escorrega por esta vertente:

A sedução.

Sensibilidade cutânea, moral ou visual
O prazer é alimento primordial do viver
A causa que uma coisa aconteça normal
Como fonte da racionalidade e do querer

Irrefutável!

Dentro do meu corpo e da minha mente
Razão e Sensibilidade são inseparáveis
Sou sol, lua, fogo e água continuamente
Alguns princípios da vida são imutáveis! 


(por Sissym)











"A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. 
Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. 
Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar."
Fernando Pessoa 










Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

70 comentários:

  1. Olá Sissy,

    Nunca consegui equilibrar a razão e a sensibilidade, mas devido a leveza e poesia de teu texto, resolvi que, mais uma vez, vou tentar, muito!!!

    A lira de teus olhos são diamante na paisagem do arco iris..

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Sissym.Pois me parece que voce é assim mesmo:razão e sensibilidade.Ate na maneira de escrever.Uma utilizaçao racional das palavras-metrica e rima. E ao mesmo tempo, uma sensualidade confessa.
    Bjos ammiga!!!Boa semana!!!
    Cam

    ResponderExcluir
  3. Bons pensamentos no início da semana. Eu li o poema cheio de sentimento. E sensibilidade.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, minha querida amiga Sissym!!!
    Como foi seu final de semana prolongado?
    Aqui tivemos chuva e muito vento, que trouxe o frio...
    Belíssimo, minha querida amiga, perfeita como sempre... Fico com a grande conclusão de Fernando Pessoa "Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento do pensar." Se bem que em matéria de prazer e sedução todos somos um tanto vulgares, alguns princípios são imutáveis...
    Valeu minha querida amiga, adorei!!!
    Tenha um lindo, feliz e abençoado início de semana!!!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto e a frase de Fernando Pessoa no fim é maravilhosa.
    Beijinhos grandes

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sissym, como vai?
    Reli algumas vezes seu poema para capturar a essência...a razão pode me levar à loucura, tenho sentido isso na pele. Vivo um momento que me pede razão (e uma certa frieza), mas a sensibilidade é o que mora à flor da pele, e isso me causa um conflito enorme. Também não sei viver dissociando razão de emoção, e seu lá no fundo que é a sensibilidade que prevalece.
    Mas hoje também sei que quem escolhe viver puramente de maneira racional no fundo está fugindo da própria vida. Um abraço, linda semana!

    ResponderExcluir
  7. A impressão que se tem é que vc (d)escreve seus sentimentos mais íntimos. Isso é tão forte, torna sua poesia tão intensa e verdadeira, que encanta-me.
    Coisa de fada mesmo!
    rsrsrs

    Um beijão.

    ResponderExcluir
  8. Que prazer visitar seu blog! Lindo poema, adoro essa música de Frank Sinatra, e a frase de Fernando Pessoa, sublime!
    Beijos e uma boa semana pra você.
    Lita

    ResponderExcluir
  9. wowsaaa Sissym, things are looking hot on your blog. I adore your poetry, I must confess I incline towards sensibility than sense...which is stupid but anyway...congratsss my magical Sissym.

    ResponderExcluir
  10. Olá Sissym, bom dia!
    Gostei muito do "Razão e Sensibilidade", achei um poema brilhante, - fenomenal, parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Sensatez, para que?!
    A capacidade de sentir
    a sedução - irrefutável!

    Admirável. Beijos e aplausos.

    ResponderExcluir
  12. Seus poemas são como bálsamo para o início da semana :)))

    Grande beijo Sy!

    ResponderExcluir
  13. Que lindo, Sissy, e cheio de sensibilidade, sem dúvida. Neste poema você está madura e sedutora, como ficamos em um momento de consciente sensibilidade do próprio prazer de sentir o que somos. Parabéns!
    Beijos e boa semana!
    Vera Alvarenga

    ResponderExcluir
  14. Lindo poema e música.Tudo sempre legal aqui!beijos,chica

    ResponderExcluir
  15. Que beleza de poesia!O momento de sedução e prazer supera qualquer explicação!Adorei te ler e deixo um beijinho pra sua filha por ter lido meu blog tb!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  16. Quase nunca consigo deixar a razão ser soberana. Respiro sentimento e nem sempre isso é bom. Fazer o quê, né? Tentar controlar é válido, mas não dá pra se perder a essência.

    Visceral!
    Lindos os teus versos.

    Beijo, Sissym.

    ResponderExcluir
  17. Oi Sissym,
    A razão nos cobra, a sensibilidade nos provoca. Encontrar o equilíbrio é dar o compasso certo que vida merece.

    Abração.

    ResponderExcluir
  18. Lembrei-me direto foi de Jobim com sua Insensatez: "A insensatez que você fez
    Coração mais sem cuidado
    Fez chorar de dor
    O seu amor
    Um amor tão delicado
    Ah, porque você foi fraco assim
    Assim tão desalmado
    Ah, meu coração que nunca amou
    Não merece ser amado"....
    Insensatamente equilibrado seus versos!
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  19. A razão não consegue afastar a sensibilidade, graças a Deus (rss). Não há dois lados porque não se pode optar por um como norteamento de atos e de vida. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. "O que pode me levar à loucura é a razão."

    Bem bonito o poema. Sensorialmente belo na conspiração entre os elementos que estimulam os sentidos.

    bjs



    ResponderExcluir
  21. Grande desafio: equilibrar razão e sensibilidade. Não é pra qualquer um.
    Lindo e inspirado poema.
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Que lindo *-*
    Me amarro nas suas poesias.
    Você escreve muito bem, parabéens.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  23. Sissym, nada melhor do que sentir e seduzir também, por que não? Poema que, como sempre, traduz seu estado de espírito! Beijão.

    ResponderExcluir
  24. Dentro de mim há pouca razão e um transbordar de sensibilidade! Lindo teus versos Sissym! Perfeitos! bjssss

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde Sissym...Ouvindo a bela canção de Frank Sinatra e ainda embriada pela sua poesia estou aqui, tentando falar algo que possa acrescentar, mas nada me vem à mente, apenas a beleza dos seus versos sedutores!

    Parabéns Fadinha, sua inspiração é mesmo infinita! Quando penso que já atingiu o ápice, chega a próxima semana e produz uma mais linda ainda!!!

    Um super beijo!!!

    ResponderExcluir
  26. Admiravel, Sissym.

    Quando a alma consegue equilibra-se, no arame da sedução, eis ai, o sentido da razão.
    Adorei, esta textualização,
    Abraços, sempre.

    ResponderExcluir
  27. Olá! Boa noite!
    Sissym...sim....
    Tudo bem?
    Lindos versos!
    ... eu penso que ... o equilibrio entre a razão e a emoção/sensibilidade sempre foi uma busca consciente ou inconsciente do ser humano. Acredito que logo quando escolhemos entre a razão e a sensibilidade, tudo nos leva ao caminho do aprendizado,desde que discernirmos diante das escolhas apresentadas qual a melhor opção que queremos para nossa vida e,não custa lembrar, que é preciso sempre nos lembrar que a moderação é a medida natural de todas as coisas e que todos nós temos a capacidade de diferenciar quando estamos agindo certo ou errado e dar um basta a criação do que já não desejamos mais em nossa vida...
    Obrigado pelo carinho da visita! Saudades sempre!É que eu não tenho mais blogroll...bug e bug...fico sempre devendo visitas...
    Boa quinta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir

  28. Oi Sissym,

    Que show! Esbanjou beleza neste poetar deliciosamente sedutor.

    Sou mais sensibilidade que razão, embora esteja convicta de que ambas devem caminhar lado a lado.

    Adorei! Arrasou.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  29. O poema é lindo, e a foto me deixou com vontade de receber 'aquela' massagem. Que delícia!

    ResponderExcluir
  30. Olá minha amiga Sissym, sempre nos brindando com belos e intensos poemas. Acho que esse é o segredo para se desfrutar do estase das sensações, razão e sensibilidade em equilíbrio, razão para entender e sensibilidade para sentir e se deixar envolver.

    Abraços

    ResponderExcluir
  31. Simplesmente maravilhoso, minha querida Sissym!
    Uma fada que seduz, sim! E com enormes poderes de encantamento!
    Razão e sensibilidade juntas..."sentir com o pensamento" Lindo, lindo!

    Muitos beijos

    ResponderExcluir
  32. AS vezes se entregar ao momento,,,as vezes sonhar infinito,,,razão e sensibilidade se misturam e fundem a poesia da alma....beijos e uma bela noite pra ti amiga..

    ResponderExcluir
  33. Oi Sissym,
    Mais uma das tuas lindas poesias,tens uma graça para escrever.
    Adorei o último parágrafo,me encontrei um pouco ali,rs.
    Um ótimo fim de semana,abração fada amiga,=)

    ResponderExcluir
  34. Olá!Boa tarde!
    Sissym...sim...
    obrigado pelo carinho da visita!
    ótimo final de semana!Paz e luz!
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. @Geraldo: 

    Quem disse a voce que não é sensível ao que le?! Sempre é.

    bjs

    ResponderExcluir
  36. @Camille: 

    Camille, eu sou realmente razão e sensibilidade. Mais uma menos a outra quando se faz necessario.

    Bjs

    ResponderExcluir
  37. @Luis Eduardo Pirollo: 

    Luis!!!!!!!!! Vamos ter chuva novamente... .sniffffffffff!

    Beijos

    ResponderExcluir
  38. @lena: 

    Lena, muito obrigada. Ele é um dos meus preferidos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  39. @Bia Hain: 

    Como disse mais acima, Bia, eu sou ambos, sobressaindo o que fizer necessario.

    Eu lhe compreendo. Concordo com o que diz sobre escolha, os racionais demais não conseguem se sentir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  40. @Paty Michele: 

    Paty, eu li isso no onibus e voce está certa!


    Beijos

    ResponderExcluir
  41. @Lita: 

    Lita, estou feliz em lhe rever, saudades e obrigada.

    ResponderExcluir
  42. @unikorna: Ahhhh just saw?! I make magic! I poke the imagination of everyone everywhere!

    Hugs

    ResponderExcluir
  43. @vendedor de ilusão: 

    Uau.. pensei em voce e plimm, apareceu! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  44. @R. R. Barcellos: 

    Gostou, né?! Saiba que curto tudo que diz, é uma pessoa muito sensível. A percepção é acentuada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. @Vera Alvarenga: 

    Vera, eu sou um problema, pensava, erradamente, que era meu lado escorpiã, mas não é... é mais! kkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  46. @Anne Lieri: 

    Anne, a minha filha tambem escreve, alias, preciso ver o que anda aprontando pelo blog dela! kkkkk

    Bjs

    ResponderExcluir
  47. @Milene Lima: 

    Houve um tempo, Milene, que eu fui mais emoção, mas a maturidade me ensinou a equilibrar. É bom.

    Beijos

    ResponderExcluir
  48. @Regina Rozenbaum: 

    Ahhhhhhhhhhhhh EU IA INDICAR ESTA MUSICA!!!!! Mas usei num outra recente poesia. Entao, Sinatra, nossa, esta musica é provocante!

    Beijos

    ResponderExcluir
  49. @MARILENE: 

    Eu tambem acho, vive lado a lado, pq uma precisa da outra.

    Beijos

    ResponderExcluir
  50. @Rosa Mattos: 

    Rosa, usei mesmo os elementos sensoriais, ao menos é assim que sinto e alguns percebem.

    Bjs

    ResponderExcluir
  51. @Atena: 

    Atena, é realmente um desafio e muito complexo.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  52. @Vanessa Alves: 

    Vanessa, muito obrigada e tenha um otimo final de semana!

    bjs

    ResponderExcluir
  53. Esse post é bem apaixonante e para os apaixonados(nem sempre!). Bjs. Sandra

    ResponderExcluir
  54. Complexidade e plenitude. Sentimentos inspirados pelos seus versos, Sissym. Gostei imenso!

    ResponderExcluir
  55. Bom dia,Sissym!Nossa lindos versos,mas é difícil equilibrar razão e sensibilidade,mas a gente vai tentando né.
    Um ótimo fim de semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  56. Que lindo poema, Fadinha, de fato a razão e a sensibilidade dependem entre si... adorei a frase de Fernando Pessoa... beijos e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  57. "O que me pode levar à loucura é a razão"
    Só por este verso já valeu a pena viver mais este dia. Mas todo o poema é EXCELENTE. Talento poético não te falta. Mas quando juntas a esse talento o teu pensar (razão) e a tua sensibilidade, o "produto" é brilhante.
    Um beijo, querida amiga.

    ResponderExcluir
  58. Obrigada, Sissym, pela visita e comentário. Tenha uma linda semana. Bjs.

    ResponderExcluir
  59. @REINVENTANDO: 

    Nem todos os apaixonados, mas tem quem poderá se sentir assim.

    Bjs

    ResponderExcluir
  60. @Flor de Lótus: 

    Florzinha, é difícil mesmo, mas é preciso tentar.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  61. @Nilson Barcelli: 

    Nilson, sou razão e sou sensibilidade.

    BEIJOS

    ResponderExcluir

Seja Benvindo. You are Welcome.