Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sexta-feira, novembro 18, 2011

Pulando as poças

"- Mas o que quer dizer este poema? - perguntou-me alarmada a boa senhora. 
- E o que quer dizer uma nuvem? - respondi triunfante. 
- Uma nuvem - disse ela - umas vezes quer dizer chuva, outras vezes bom tempo..." 
Mário Quintana 

 

Esta semana, no Rio de Janeiro, choveu quase todos os dias. No horário de meu almoço, eu estava andando pelas ruas do Leblon quando percebi uma mãe segurar a mão de seu pequeno filho e dizer em tom severo:

-  Presta atenção!  Pula!  Ahhh não.... pisou! Ficou com os pés encharcados...

O menininho protegido de sua armadura, a capa, não conseguiu se desvencilhar das ininterruptas poças formadas nas calçadas cariocas esburacadas. 

Então, a minha mente mergulhou nas rasas lembranças e cutucou-me que todos nós, mães e pais, sempre temos atitudes parecidas:  Algumas vezes, molhar os pés é inevitável, deixa uma sensação desagradável, além da possibilidade de se resfriar. De um lado queremos proteger nossos pequenos, de outro, nem sempre nossos super-poderes são eficazes. Resta-nos, na pressa, supor que eles poderiam ter pulado mais uma poça... aquela enorme lagoa estagnada e, quando de galochas, divertida...


"steve johnston - rainy day children











Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

42 comentários:

  1. Bem coisa de mãe, né?
    Eu era assim quando os meus eram pequenos. rsrs
    Até que não exagerava muito porque, como filha única, fui criada praticamente numa redoma de vidro e não quis repetir com os meus filhos.
    As poças da vida, às vezes a gente pula, mas não dá para pular todas. rsrs É o aprendizado.
    beijos, querida

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de post! Aquela menina pulando na poça, jogando água pra todo lado!Sim, as galochas... divertidas!

    ResponderExcluir
  3. Olá Sissy,

    Que fase boa, pular as poças d'agua ou simplesmente tomar banho de chuva... bons tempos...

    Então deixa chover... ahhh deixa a chuva molhar...

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Sissym, a criança é um ser de puro encantamento, imaginando um mar, ela brinca na poça d àgua. Ela é capaz de construir um mundo para si própria, repleto de maravilhas e bondade, bem diferente do nosso, egoísta e desonesto.

    ResponderExcluir
  5. @Protestar É Preciso: Olá amigo,

    uma pena que algumas vezes a pressa dos adultos interrompam a inocencia de uma brincadeira gostosa... todos repetimos os erros...


    bjs e obrigada.

    ResponderExcluir
  6. @Atena: Atena,

    Quando temos compromisso é assim mesmo.
    Sabe, onde moro, vc nem imagina, ela fica completamente livre, brinca o tempo todo, pode ficar suja o quanto quiser. Então, tem como saber qual é o momento certo... mas as poças... ahhhh elas... é tão bom dar uma pisadinha... kkkkk

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  7. @Valéria Mello: Valeria,

    A coisa que Laura mais curtia, quando menor, era vestir-se de: capa de chuva, galochas e munida de guarda-chuva.... e ...encontrar muitas pocinhas pelos caminhos. kkkkkkkkkkk sempre deixei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. @Geraldo: Geraldo, a musica é uma velha e boa lembrança.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá minha querida amiga Sissym, bom dia!!!
    Minha amiga, aqui também tivemos muita chuva, a semana toda... Criança tem mais é que pular na poças, elas adoram pular dentro dela só para ver a água espirrar para todo lado... risos... fiz muito isso quando era pequeno... mas os pais se preocupam com os pés molhados, uma gripe... é a vida... se faz uma coisa quando é pequeno e se ensina outra quando adulto... risos... Bela canção, adorei recordar!
    Tenha uma lindo e abençoado domingo!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  10. Querida Sissym,
    Talvez sejam essas as poças mais agradáveis de se pular quando criança...
    Não nos damos conta de que os pequenos terão outras tantos para pularem ao longo das suas trajetórias de vida. Coisa de adulto, mesmo. rsrsrs
    Gosto dessa sua habilidade de observar o comportamento humano, e depois tranformar a observação em escritos deliciosos.
    Bela música. Belas imagens.
    Adorei!
    Ah! Sobre o Travessia, creio que irá gostar. Falta pouco...
    Pode deixar que da próxima vez que eu for ao Rio te aviso. Se estiver chovendo, pularemos as poças que encontrarmos pelo caminho... rsrsrs
    Beijo querida.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
  11. Gostaríamos de contar com o seu apoio para realizarmos a primeira feira dos novos autores, para tanto, precisamos chegar nos 2000 seguidores, exigidos pelo patrocinador que realizará este evento. É muito fácil! Basta seguir http://clubnovosautores.blogspot.com e nos deixar um comentário - " EU APOIO OS NOVOS AUTORES!"
    Aqui, estou te seguindo e contando com o seu apoio!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Olá Sis,

    as crianças têm a imaginação e a pureza que elevam o espírito e deixam-nos mais perto das coisas espirituais. São nossa fonte de juventude e alegria.

    Bju

    Paulo

    ResponderExcluir
  13. Perdi a capacidade de me divertir pulando dentro das poças d'água. :(

    ResponderExcluir
  14. Olá minha querida e linda Sis, fadinha amada,

    Sábia sua maneira de observar e colocar em palavras sentimentos de outrora.
    Fez-me voltar ao tempo e lembrar-me de como era bom brincar sob a chuva e me lamear toda nas poças d´água. Que saudade!! Hoje, amadurecida, já não faço mais isso e brigo com os netos para não tomarem chuva ou pisarem nas poças. Que coisa, não é?
    A gente cresce, amadurece e não deixa as crianças de hoje passarem as fases boas pelas quais passamos. Egoísmo nosso ou protecionismo? Não sei.....

    Muitos beijos para você e para a Laurinha que hoje completa mais um aninho de vida. Felicidades para ela e que a vida lhe seja mais doce e cheia de amor.
    Carinhoso e fraternal abraço, com amor da Vovó Lili

    ResponderExcluir
  15. DANÇANDO NA CHUVA!!! AMOOO.

    O Of The Moda já está no clima da nova edição, intitulada NATURAL. Confiram as novidades lá no site.

    1 abraço
    @ofthemoda

    ResponderExcluir
  16. caro(a) amigo(a) venho com muito carinho te dar os meus parabéns pelo o seu blog.
    Eu trabalho com uma empresa da qual através dos nossos serviços você poderá ganhar dinheiro com os seus blogs, não poderei estar imformando a respeito aqui pois seria fora de ética mas si você si enteresar pode enviar um email para carlosmelhoredevida@hotmail.com com o assunto "quero conhecer o sistema de ganhar dinheiro com site,blog entre outras" estarei aguardando a tua resposta desde já te deseijo um grande sucesso.

    ResponderExcluir
  17. Não dá para querer proteger a quem a gente ama sempre, por mais que doa, eles tem de aprender a caminhar na próprias pernas...

    E neste último sabado, pensei em tomar um banho de chuva, mas simples fiquei parado apreciando a própria chuva cair.

    Fique com Deus, menina Sissy.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  18. Não vou dizer nada além do que já está dito por você em sua visão tão simples e tão ampla.
    Lá se vai a mente, distante!...
    As palavras se remexem e pronto!
    Nasce algo de novo!
    Impulso sugestivo dessas poças por ai.
    Antigas poças avivando a saudade!
    O texto está lá no blog e mais uma vez, devo a inspiração à tua alma tão iluminada.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  19. ola sou um dos seus amigos no dihitt , vim conhecer seu espaço espero q conheça o meu ha e por favor me segue abçs espero vc lah
    clica para entra no site e seguir

    ResponderExcluir
  20. @Beth Muniz: Beth, quando estiver no RIO e se chover... caramba.. .vamos rezar para não afundar num buraco, não tem uma calçada que se salva!

    Eu mesma incentivo Laura a fazer peraltices, ela olha para minha cara e diz que eu sou mais criança do que ela... fazer o que?! kkkkk

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  21. @Dú Pirollo: Luis, a vida está tão corrida, para todos, que ficar doente custa tempo e dinheiro. Sem dizer que se eles faltarem as aulas, muitas vezes nem sabemos com quem deixa-los nas horas que deveriam estar ocupados. Talvez seja por isso que temos cuidados que parecem um exagero.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  22. Bom dia Sissym. as poças da vida nos ensinam muito desde que saibamos enfrentá-las. para cairmos, de fato, não precisamos de poças d'águas, mas se caso viermos a cair, pelo menos refresca um pouco nossas cabeças. Não é mesmo? Fique em paz. Forte abraço

    ResponderExcluir
  23. @Fantasma: Fantasma, e as crianças não se preocupam com isso, é apenas um detalhe e divertido.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. @Pithan Pilchas: Paulo, concordo com voce. Poucos adultos as compreende de fato.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  25. @Lilian: Lilian, se eu começar a contar as minhas travessuras, traquinagens, etc na fase adulta... kkkkk... eu gostaria de saber quando vou envelhecer, pois é o meu espírito que ainda é tão jovem... tem todo o tempo do mundo.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  26. @Adriana Vargas: Olá Adriana, vou sim lhe visitar e seguir. Eu desejo todo o sucesso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. @Allan Robert P. J.: Allan, vou até a Italia, preciso dar um jeito em voce... rsss....

    ResponderExcluir
  28. @Dário Shoupaiwisky: Dario, eu já tive momentos incriveis brincando na chuva e já adulta.

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. @carlos: Carlos, eu vou sim lhe contatar.

    Agradeço desde já o convite.

    Bjs

    ResponderExcluir
  30. @Daniel Savio: Na ultima terça, feriado, eu tomei um banho e daqueles. Sem guarda-chuva. Fiquei uma pinta. E "Eu tenho a força", não adoeci!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. @megavideosfilmes: Seja muito bem vindo, eu já estive lá. Obrigada pelo carinho de vir falar comigo.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  32. @Pedro Brasil Jr: Pedro, já reparou que amamos alguns amigos mesmo sem nunca tê-los visto?! Pois eu tenho grande sintonia com voce. E tambem só posso lhe agradecer. Estou sorrindo. Voce me entende.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  33. Saudações!
    Amiga SISSYM:
    Um Post absolutamente lindo, lindo e lindo!
    As suas palavras molhadas na leveza do ser no remete ao fascinante mundo das crianças. Permite-nos lembranças inesquecíveis de um tempo que não volta mais. Só os pequenos para vivenciar esses momentos únicos.
    Parabéns por mais um excelente Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  34. @LISON COSTA: Lison,

    Eu fico tão encantada, porque ao falar do que eu vejo, acabo, de alguma maneira, levando os amigos ao seu tempo.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  35. Que lindo esse post, tao leve, a começar pela poesia da nuvem. E depois as fotos e a mensagem do pular poças. As vezes nossos filhos nao estao preparados para pular algumas poças, sao maiores que a extenção das pernas. Para nao darem um passo maior que as pernas, é o caso de seguramos no colo. Ainda mais quando sao pequenininhos. De galocha, como voce disse, ha uma proteçao e pode ser divertido. Mas como arrumamos proteção se sao os problemas da vida, e nao temos galocha para isso? Ai é ocaso de dizer,cuidado e ver que estao pulando nas poças... Beijos e realmente, lindo! Adorei.

    ResponderExcluir
  36. @Camille: Camille, e vivemos alertando para prestarem atençao. Eles tambem precisam aprender a ser safar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Adorei seu comentario. Aqui e no blog. Sim, temos afinidades! Beijos amiga!!!

    ResponderExcluir
  38. Magical post and touching photos, just as I expected from you, lovely magic lady. kissessss

    ResponderExcluir
  39. @Camille: Afinidades que aproximam as pessoas. BEIJOS

    ResponderExcluir
  40. @unikorna: Dear friend, it is from my soul... kisses

    ResponderExcluir
  41. Olá!

    A primeira vez que passei por aqui, olhei essas imagens, e fiquei com vontade de roubá-las! Não vou mentir, hoje o fiz, gosto de ficar olhando coisas bonitas enquanto escrevo.
    Seu texto já havia lido, e ele é bacana!
    Estou esperando o próximo e o convite para vir saboreá-lo.


    Obrigada pela visita ao Clube.
    Sua presença é importante para nós.
    Um grande abraço.


    Adriana
    Clube dos Novos Autores

    ResponderExcluir
  42. @Adriana Vargas: O proximo, Adri, é uma poesia que vem de dentro da alma... não é romantica, pois se trata de uma critica de comportamento.

    Beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada