Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, novembro 25, 2012

Chuvaceira Tropical


Friends: chuvaceira = shower = abundant rain

*

Chove chuva como chuvaceira
Cai água, em gotas, das nuvens
Corre pelos cantos, desce ladeira
Molha tudo, não tem para ninguém

Acompanha a chuva, o vento atrevido
Produz som variado e assim associa
Combinação ora insolente e intrometido
Reproduz som assobiando uma melodia

É chuva
É forte
É chuva
É fina

Quanto mais venta, ventania
Mais molha por pura teimosia
Há serração nos arredores da cidade
Troca calor pelo frio, que temeridade!

Este atrevimento do clima atormenta
Os turistas que procuram o calor tropical
Assim todo mundo comenta:
- É fim dos tempos, isso não era habitual!

Dia sim, dia não, chove no Rio de Janeiro!

(por Sissym)


Fotos de Sissym



Esses que puxam conversa 
sobre se chove ou não chove 
- não poderão ir para o Céu! 
Lá faz sempre bom tempo... 
Mário Quintana 


- Mas o que quer dizer este poema? 
- perguntou-me alarmada a boa senhora. 
- E o que quer dizer uma nuvem? - respondi triunfante. 
- Uma nuvem - disse ela - umas vezes quer dizer chuva, 
outras vezes bom tempo... 
Mário Quintana 


Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

74 comentários:

  1. Lindo poema, Sissym! Hoje choveu mesmo no Rj e ontem fez um lindo dia de sol. Eu, confesso, amo dia nublado, então gosto muito desse tempinho. Principalmente porque em breve teremos aquele calor infernal e que eu odeio! rsrs

    Adorei a foto com o solzinho rindo no papel, enquanto nublava na 'realidade'. Beijão!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ola! abencoada chuva que trae sosiego, apacigua o calor intenso, adoro a chuva, adoro a tempestade! :)
    Beijo, prezada poetisa!

    ResponderExcluir
  3. Sissym querida

    Que lindo poema, que cadência gostosa e rítmica!

    Adoro chuva!

    E você tem razão, os tempos mudaram, tem caído temporais por aqui que não eram fortes assim não.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Precisamos da chuva, mas temo as tempestades, pelas inevitáveis consequências. Quanta escuridão nas fotos! Fica tudo triste quando o tempo está assim.
    Mas no seu poema há sol!!!! Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Olá!Bom dia!
    Sissym...sim!
    Linda e encantadora!Imagens lindas!Gostei!
    ...Tudo depende de nosso estado de espírito. Nunca há somente um lado, tempo bom ou ruim, chuva ou sol, estamos falando sempre de uma infinidade de potenciais criados pela experiência em cada um deles.E com certeza, quem só vê o mal tempo, não vai para o céu!
    ah...gostei de sua "história" sobre sua amiga Isabela. risos...eu detesto que me chamem de Japa ou similar...de forma pejorativa.
    Obrigado!
    ótima semana!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  6. Oi, minha querida amiga Sissym!!!
    Aqui também tem chovido muito, é uma troca incessante entre o sol e a chuva, mas continua muito calor, mesmo nos dias chuvosos... Raramente temos nevoeiro...
    Ficou lindo seu poema minha amiga, adorei!!!
    Também gostei do sol da imagem, esse não some nunca, só não pode ficar na chuva...
    Gosto da chuva, ela também é vida, só não gosto de temporais, esses assustam...
    Valeu minha querida amiga, adorei!!!
    Tenha uma linda, feliz e abençoada semana!!!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Sissym.
    Lindo texto. Aqui em Portugal tem chovido muito hoje está meio cinzento.
    Beijinhos grandes.

    ResponderExcluir
  8. Oii Sissym, gostei do poema e das palavras de Quintana, gosto do cheirinho de chuva, de olhar na vidraça e vê-la bater, gosto de ver as árvores nas ruas saudando-a, a grama ficando verdinha nas praças! Chuva que não mata, é chuva que revigora! Bjooss e boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Que lindo o seu poema Sissym!
    Uma grande sensibilidade.
    Um xero grande

    ResponderExcluir
  10. Bonitas gotas de versos, Sissym!
    Muito belo!

    ResponderExcluir
  11. Aqui em Maputo tem sido igual, tal qual nós , faz sol e calor depois chove e faz frio a despropósito... Gostei da cadência ,do ritmo na parte final do poema...
    beijinho

    ResponderExcluir
  12. Poema perfeito, principalmente para os dias, aqui choveu tanto...
    Só fico triste pelo povo do sertão, que não conseguem usufruir dessa chuvinha e o solo está seco e cheio de dor...


    Beijo grande fadinha, ótima semana :)

    ResponderExcluir
  13. Lindo poema, o Rio está chovendo muito..E realmente, depende de como vemos a chuva..!! Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  14. Ah, que belo falar da natureza, ainda que de dias cinzentos e calorentos.

    Passa no IMD que tem surpresa pra vc.

    bjo.

    ResponderExcluir
  15. E porque não soprastes um tanto de chuva pra cá, menina da palavra sensível?

    Aqui tá um calor duzinferno!a
    Amo essa imagem do sol desenhado, ela tá no meu Face, como cortina pra uma frase do Leminski.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Oi Sissym, ficou muito bom de ler seu jogo de palavras.

    O tempo retribui o que a gente planta.
    A propósito, e a Rio+20, o que anda fazendo?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Si,eu adorei seu poema e muito apropriado!Aqui em Sampa agorinha mesmo virou noite de repente e caiu aquela chuva!...rss...bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  18. Enquanto a chuva não provoca tragédia (sempre esperada...infelizmente!)tô com ela e não abro. Depois de meses de um calor e seca infernal, a gente e a natureza agradece. Só precisava de uma distribuição igualitária...nossos irmãos do nordeste tem sofrido e morrido com tanta secura!
    Beijuuss

    ResponderExcluir
  19. A Paty Michela convidou nós viemos, é realmente o que descreve ela no seu blog deixando a dica de o Blog da semana.
    Queria eu ser um poeta e saber traçar por versos as coisas da natureza.
    Muito bom.
    Abraço

    ResponderExcluir
  20. Sissym, eu sou apaixonada por chuva (e por sol também...). Gosto de sentir seu cheiro, observar sua forma caindo leve ou forte, gosto de ver as gotículas que se acumulam e escorrem pelas folhas...mas concordo que o Rio não me parece combinar com chuva, Duro, mesmo, é quando está chovendo na alma, e não há ninguém para nos emprestar um guarda-chuva. O jeito então é "deixar lavar". Um abraço, adorei o primeiro poema do Mario Quintana, hahaha.

    ResponderExcluir
  21. Lindo poema, Fadinha... adorei o solzinho feliz... hehee beijos e linda noite!

    ResponderExcluir
  22. Sissym, fadinha... quer dizer que aí no Rio é chuva sem parar querida? Mas foi ótimo para te inspirar, pois seu poema ficou lindinho demais! Deu até para sentir aquele cheirinho delicioso de chuva que adoro. Mas preciso confessar que sou mais solar! Sinto falta do sol, sem ele fico com o humor alterado( melhor explicando: fico chata prá caramba...rsrsrsrs)

    A mistura do seu lindo poema com a citação do Mario Quintana e a música que amo, interpretada pela Nora Jones, me arrepiaram de tal forma amiga! Ficou tão bonito!!
    Sempre me surpreendo aqui!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  23. Olá, Sissym!
    Esse é o blog/facebook do meu cachorro Bÿngo, caso tenha interesse em saber um pouco da vida dele...
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  24. Sy,hoje vim só agradecer seu comentario e sorriso em meu blog!Tb sorrio com suas lindas poesias!bjs,

    ResponderExcluir
  25. Olá,Sissym!
    Como vai,doce amiga? Em meio à tanta chuva carioca,também fico daqui molhando os meus pensamentos... Mas logo chego até aqui e me aqueço com esta tua poesia tão iluminada e recheada de vida! Pois não é mesmo assim o andar desta nossa cidade e suas inimagináveis carioquices? Nunca se saberá ao certo se choverá ou não por este nosso Rio e suas montanhas azuladas...Mas certo mesmo é que apesar da chuva teimosa e do vento desafiador que insiste a soprar inconstante, esta cidade continua bonita,cheia do mais puro encantamento...
    Parabéns pelos versos encantados,amiga, e obrigada por essa chuva de deliciosa poesia!
    Beijo das flores daqui!!!
    Teresa
    (do blog "Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Sissym...
    ainda bem q eu costumo ler meus comments anteriores...que "furo" que eu dei.
    Eu escrevi MAL tempo, leia MAU tempo( x BOM tempo, tempo BOM)...sorry!
    Obrigado!
    Ótima sexta feira!
    Beijos
    ClicAki Blog(IN)FELIZ

    ResponderExcluir
  27. Passando para saber como está e te desejar uma ótima sexta. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  28. Querida poetisa,dias tristes e chuvosos podem ser inspiradores uma vez que o olhar se recolhe e a alma verte o que de belo estava guardado.
    Quintana dispensa qualquer comentário porque é imbatível.
    Muita luz e flores para você.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  29. Oi Sissym, em meio a esse chove e não chove, faz calor, faz frio, esse poema veio bem a calhar, é bem assim mesmo que passamos esses últimos dias. As vezes penso comigo mesmo que o tempo enlouqueceu, e vc na sua sensibilidade transformou toda essa loucura em poesia adorei.

    Bjos

    ResponderExcluir
  30. O mundo quase caiu por aqui... choveu até granizo! Eu adorei! Adoro essas chuvas apocalípticas... Bjos fadinha!

    ResponderExcluir

  31. Olá Sissym,

    Gostei da cadência do poema. Lindo mesmo!
    A chuva é indispensável, mas tenho horror a tempestades. Estas, no geral, chegam varrendo tudo e trazem muito sofrimento. Gosto da chuvinha mansa, que traz aquela preguiça (rsrs).

    Beijo.

    ResponderExcluir
  32. A chuva não respeita ninguém nem dá bola para lamentações.

    :)

    ResponderExcluir
  33. Ei Sissym...

    Gosto de chuva pelas inspirações que trazem, nos deixa sensíveis, oras tristes, oras pensativos, oras quietos ...com cheirinho de terra molhada no ar anunciando que ainda estamos em terra firme...:)...

    Bjs..

    ResponderExcluir
  34. Astonishing photos, Sissym, almost surreal, like they are from another world :). Congrats :).

    ResponderExcluir
  35. Adorei o teu poema da chuva.
    Parabéns pelo teu talento, mesmo à chuva continuas sempre inspirada...
    Beijo, querida amiga.

    ResponderExcluir
  36. Sissym, já passei por aqui para ler e comentar os seus belos versos, mas voltei para lhe dizer que deixei algo no meu blogue para você, se desejar participar.
    Abraço. Até breve.

    ResponderExcluir
  37. Sy,vim reler seus belos poemas!Aqui,sempre me esqueço do tempo!Bjs e boa semana pra vc!

    ResponderExcluir
  38. @Sérgio Santos: 

    Sergio, tambem gosto de dias nublados, especialmente observar o mar com tempo ruinm.

    Odeio calor infernal.

    Bjs

    ResponderExcluir
  39. @Carolina: 

    Carolina, eu adoro som da chuva.

    Beijos

    ResponderExcluir
  40. @Van: 

    Querida Van, reparou a cadencia!
    Sim, para combinar com os pingos da chuva.

    Beijos

    ResponderExcluir
  41. @MARILENE: 

    Amiga!!!! Com certeza, as tempestades, hoje em dia, causam arrepios a muita gente. Nas serras não se tem mais segurança.

    Bjs

    ResponderExcluir
  42. @Felisberto Junior: 

    Feliz!
    Tudo depende de como vemos a vida. A frase de Mario Quintana é demais! Caiu feito luva à poesia.

    Acabei aprendendo a dar mais valor ao nome escolhido. A mae dela tinha razão, pois escolheu com muito amor aquele nome.

    Beijos

    ResponderExcluir
  43. @Luis Eduardo Pirollo: 

    Pois é, Luis, e haja saude!
    O sol da imagem é muito fofo!
    Eu nao gosto de ventania, tenho receio dos galhos das arvores.

    bjs

    ResponderExcluir
  44. @Kellen Bittencourt: 

    Eu sinto o cheiro do chão molhado a distancia! Adoro.

    Bjs

    ResponderExcluir
  45. @Tony Manna: 

    E já vem chuva novamente, amigo!

    Sabado mais firme e domingo, chuva.

    Bjs

    ResponderExcluir
  46. @Vanda: 

    Vanda, e lá vem chuva de novo... vi no site... sniffff

    ResponderExcluir
  47. @REINVENTANDO: 

    Pois é, tivemos uma semana quente e já já chove novamente.

    bjs

    ResponderExcluir
  48. @Paty Michele: 

    Eu adoro falar sobre a natureza.

    Paty, Bjs

    ResponderExcluir
  49. @Por Nestor Alcará: 

    Eu gosto muito de brincar com as palavras, faço isso desde a infancia.

    Bjs

    ResponderExcluir
  50. @Anne Lieri: 

    Imagino, temos escritorio em Sampa e trocamos impressoes.... kkkkkk

    ResponderExcluir
  51. @Regina Rozenbaum: 

    Re, nem fale, parece que já andou fazendo estragos. Na verdade, após aquele mes de tragedia, nunca que as serras ficaram totalmente seguras.

    Bjs

    ResponderExcluir
  52. @Lu Cidreira: 

    Sério?! aiii não vi.... snifff....

    Obrigada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  53. @Bia Hain: Bia, eu amo sentir o cheiro da chuva... nossa... me faz lembrar a infancia! Eu tenho uma coleção de guarda-chuva em casa e no trabalho. Sempre tem alguem pegando um! rsss


    Bjs

    ResponderExcluir
  54. @Barbie Californiana: 

    E a chuva foi, veio o calor terrivel, agora a chuva volta! rsss


    Bjs

    ResponderExcluir
  55. @Adriana Helena: 

    Adriana, ficou leve! Então fica chatonilda, eu já fico se sentir calor demais! Gosto de temperaturas amenas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  56. @Anne Lieri: 

    Imagina, eu sei que o tempo é curto. Veja so como estou atrasada para ler estes comentarios.

    Bjs

    ResponderExcluir
  57. @msgteresa: 

    Ahhhhh Teresa, molhando os pensamentos é o maximo mesmo! Amo ver os contornos das montanhas, seja pelo sol indo embora, seja pelo azul intenso, ou nuvens baixas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  58. @Felisberto Junior: 

    Não se importe se é mau ou se é mal, contanto que não chova enquanto escreve, tá bom! rsss


    bjs

    ResponderExcluir
  59. @REINVENTANDO: 

    Sandra, querida, estou bem, obrigada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  60. @Eloah: 

    Eloah, os extremos sempre sao inspiradores.

    Bjs

    ResponderExcluir
  61. @Marcos Mariano: 

    Marcos, é para que todos tambem vejam a beleza do dia chuvoso!


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  62. @Allan Robert P. J.: Allan, foi no ritmo da chuva, caindo caindo... rsss


    bjs

    ResponderExcluir
  63. @Vera Lúcia: 

    Vera, eu tambem tenho horror de tempestades, ainda mais com ventania!

    Bjs

    ResponderExcluir
  64. @Cecilia sfalsin: 

    Cecilia, eu gosto muito de observar as montanhas e o mar. O mar cinza, outras vezes encrespado. É lindo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  65. @Nilson Barcelli: 

    Viu?! Nada me derruba, nem alaga! rsss

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  66. @Dulce Morais: 

    Hummm to tao atrasada que somente hoje vi isso, obrigada.

    Bjs

    ResponderExcluir
  67. @Anne Lieri: 

    Anne, beijinhos e otima semana para voce.

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada