Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

segunda-feira, setembro 29, 2014

Como folhas secas


*

As vezes a vida seca
como as folhas 
que ontem eram vívidas

Cada folha tem sua história
mas hoje elas estão deitadas
num trilho abandonado

e infinito

E basta um vento leve
para levantá-las mais uma vez
mesmo estando mortas

Ouve-se um estalejar suave
produzido pelos passos
de uma dama solitária 

e também

O som das folhas quebrando
acompanhados pelo cantar
dos passarinhos que ora voam

Ela olha mas não olha
Pensa mas não pensa
está assim como as folhas

Ontem com vida
Hoje voando pelo chão.

*

Sissym




















 

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

16 comentários:

  1. Que bonito isto Sissy! Me vi ali com ela e observando-a...Quem sabe este estalar lhe traga na memória algo como um som com o qual se pode brincar...e então, ela passa a prestar atenção ao caminhar, e ao som e fica inteiramente ali naquele brincar de fazer som com a própria vida, e então um sorriso será plantado de novo em seus lábios e ela ficará leve... por quanto tempo?...não sei... Beijos

    ResponderExcluir
  2. OS CÍCLOS DA VIDA !

    A vida é feita de cíclos imperfeitos
    e de etapas muitas vezes sem escala,
    neles se cultivam virtudes e defeitos
    de um ser que por eles se embala...

    O cíclo da amizade tem estações,
    como o do sonho ou o do amor,
    onde se ganham e perdem ilusões
    que são fonte de alegria e de dor...

    O cíclo da Fé e da Esperança, porém,
    esses é que nunca poderemos perder
    porque eles nos fazem ir mais além
    e nos ajudam a crescer até morrer...

    O amor nunca deveria ser cíclico,
    mas sim uma constante de uma vida
    para que o espírito fosse empírico
    e a mente nunca a desse por perdida...

    Quantos cíclos de desejo e de ternura
    nascem e norrem em nós a cada dia
    ou se perdem nos labirintos da loucura
    e da paixão que nos consome e extasia?

    Os cíclos são como a pétala da flor
    que, mesmo depois de amarelecida,
    para o infinito exala o inefável odor
    e se funde na essência da própria vida...

    Lud MacMarinson

    ResponderExcluir
  3. Oi Sissym

    é a vida!

    Cheia de alternâncias.

    Em tempos de folhas secas preserve os olhos, pois, em breve chegará a primavera e se precisará dele para ver bem a cor das flores que se abrirão.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Sissym....
    a vida é como um rio... sempre tem uma vertente que o alimenta..
    assim esperamos sempre né..
    até mesmo na folha seca existe um restinho de vida..
    se conseguissemos ver a energia que nos cerca isso seria comprovado.. bjs e até sempre

    ResponderExcluir
  5. Sissy,

    A vida perde seu viço e utilidade quando pessoas pensam no descarte que damos aos sentimentos.

    Mas sempre haverá um novo amanhã e folhas verde...

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Às vezes, não tem perdão, ausentar-me tanto tempo de lugares assim, que retratam tão bem e com grande lirismo, cenas tão simples e a um só tempo tão belas, da vida real...
    Ando ausente mas, sempre ligada na vontade de "arruar" por esses belos caminhos...Saudade, é o nome!
    Beijos, Sissym, com muito carinho,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  7. Uma bela comparação num lindo poema,Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  8. É verdade Sissym..
    As folhas secas representam muito e podem ser comparadas a fases de nossas vidas...

    Neste quesito, seu poema é uma ótima reflexão, da vida e também dos pensamentos que nos regem...Tudo pode mudar a qualquer momento!!!

    Sempre bela nos versos fadinha!
    Tenha uma semana muito especial!
    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  9. As vezes nos sentimos assim, como folha seca levada pelo vento, mas sempre haverá a possibilidade de uma nova primavera.
    Bjux

    ResponderExcluir
  10. Olá, Sissym
    Gostei muito do seu poema essa semana.
    Big beijos

    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  11. Nossa, Sissym...
    Estava mesmo super inspirada e conseguiu me tirar do chão!! ;)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  12. Boa noite vim deixar uma frase pra vc

    ¸.•*¨✿✿"Há pessoas que nos salvam sem perceber. Por amor. Por amizade. Por simplesmente querer bem."

    Paolla Milnyczul ¸.•*¨✿✿


    Bjusss
    Rita

    ResponderExcluir
  13. Caramba, que metáfora poderosa. Apesar de não gostar do frio, acho que o Outono tem uma nostalgia bonita e adoro brincar com os tapetes de folhas no chão com o pequeno explorador...
    Que a Primavera chegue logo para essa dama solitária, para que possa renascer.
    Beijinhos
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  14. Oi Sissym, é a Vi, as vezes fico observando as folhas, mas nunca havia pensado dessa forma, que mesmo mortas ainda tem movimentos, achei tão legal essa ideia.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  15. Olá, Sissym! Ler seu escrito me fez pensar em duas vias: a primeira, dos escritos poéticos que nascem de uma inspiração - as folhas - seguindo livremente sem corresponder fielmente à realidade. A segunda, de que quando escreveu estava triste por se perder de algo que fazia a ti muito bem... espero que o caso aqui seja o primeiro. Em ambos os casos é dos poemas mais lindos que já li aqui. Abração!

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada