Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, agosto 07, 2011

Aprendiz da Vida

Eu, Sissym....

Queria poder dizer que estou numa idade onde aprendi a vida.
Mas não cheguei ainda a esse ponto.

Aprendi algumas coisas sim, outras trazem uma luta enorme
entre eu e meu e não sei quantas quedas e quantos levantares
serão necessários para que eu aprenda.

Mas não desisto...



Convido a lerem este belo texto logo abaixo:






Queria poder dizer que estou numa idade onde aprendi a vida.
Mas não cheguei ainda a esse ponto.

Aprendi algumas coisas sim, outras trazem uma luta enorme
entre eu e meu e não sei quantas quedas e quantos levantares
serão necessários para que eu aprenda.

Mas não desisto.

Parece que estou na idade da razão, mas percebo que não existe idade para isso.

Nem sempre tenho razão, nem sempre sei o que fazer,
sou e serei até o último minuto uma aprendiz da vida.

Dizem que perdoar é esquecer e eu não sei ainda onde encontrar
essa borracha que apaga vivências doloridas ou curativos
que cubram feridas que nunca se fecham.

No meu ver, perdoar é compreender,
aceitar e seguir adiante, é poder olhar nos olhos da outra pessoa
novamente e, se preciso, dar a mão sem o sentimento de sacrifício.

Raras são as pessoas que alcançam o dom do perdão, mas não é impossível.

Quando pensamos que sabemos tudo porque vivemos um certo número de anos,
temos que admitir que vivemos em outras épocas, com outros valores
e que nossas certezas de antes nem sempre cabem nos dias de hoje.

Nossos filhos nos lembram disso a cada instante.
São eles nossos maiores mestres, ao contrário do que se pensa.
Em tudo o que fazemos e dizemos,
nosso exemplo vale mais do que todas as palavras.

As crianças ouvem muito mais o que parecemos que o que dizemos.

É assim também com os que precisam do nosso apoio.

Cada um de nós absorve de maneira diferente
acontecimentos comuns a todos e somos incomparáveis.
Por que eu vivi algo de um jeito, não obriga ninguém a viver da mesma forma.

Aprender a respeitar a dor alheia é respeitar a individualidade do ser humano.

O medo do sofrimento do amor nos afasta das pessoas que mais nos amam.

Muito do que chamamos de imprevisto e coincidência é
a Mão de Deus interferindo nas nossas vidas.

Devemos pensar então duas vezes antes de reagir mal
a algo que contraria nossos planos.

O passar do tempo nos traz a experiência,
mas a sabedoria vem de maneira diferente.
Ela chega com a vivência, entendimento,
compreensão e aceitação das adversidades.

Meu maior medo é o de acreditar sobre o que
dizem a meu respeito, isso me destruiria.

Devo sempre saber quem sou e nunca me esquecer dAquele que me criou.

Aprender a vida é reconhecer-se aluno eterno,
com as somas, diminuições e ciências do dia-a-dia.

É chegar ao fim do dia e fazer planos para o dia seguinte
e se preciso for, recalcular, rever, repensar e recomeçar.



Letícia Thompson

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

32 comentários:

  1. Olá Sissy,

    Nosso corpo avança e muitas vezes queremos que nossas lembranças nunca envelheçam.. queremos ser jovens de espirito, mesmo que na idade já não reconhecamos mais a juventude de tempos atrás..

    Mas eles passarão, nós passarinhos..

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Tudo lindo aqui! o texto e a música que adoro.
    Meu ótimo domingo, terminou bem com esta música. Beijos e bom início de semana!
    Vera alvarenga.

    ResponderExcluir
  3. Olá Fadinha

    É eu também estou nessa fase fico assim a refletir sobre isso que a Leticia escreveu e principalmente agora na TPN (Tensão Pré Níver)
    E nem sempre o meu medo é o seu a superação,o perdão para alguns é bem fácil alcançar para outros tarefa árduas mas enquanto estivermos vivos o aprendizado permanecerá.
    Que música ! como sempre o bom gosto impera.

    Um Abraço

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto!

    Mas creio que esta idade em que aprendemos a vida nunca chegará porque até no último instante dela teremos chance de aprender. A essência e a razão da vida é o o aprendizado. Como disse a autora somos alunos eternos.

    Beijos Sissym!

    ResponderExcluir
  5. Sissym! Minha querida!
    Que maravilha de texto!
    Uma reflexão que encontrou eco em mim e acredito que em muitos...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Carla Gisele (wwwgiseleloira.blogspot.com)
    comentou 18 horas atrás
    Boa noite Sis querida!
    Li seu texto e cheguei a conclusão de que a vida se chama vida, porque temos que passar por varia coisa, dificuldades, sofrimentos, angustias, amores, alegrias entre outros sentimentos que vão fazendo parte de nossa VIDA.
    Outra conclusão que cheguei é que não podemos apagar oque ja passou, nem prever o futuro, por isso oque temo que fazer é viver todos o dias como se fossem únicos, aproveitar as alegrias, pq serão nossas lembranças e aprender com os erros, tentar tirar proveito das coisas ruins.
    Por isso minha aiga aproveite todos os dias de sua vida.
    Bjao

    ResponderExcluir
  7. @Vera Alvarenga ...: Verinha, querida, que bom! Fico feliz por acrescentar.

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. @Geraldo: Eu não sei Geraldo, como vc conseguiu descrever o que tenho sentido nesses ultimos anos. Será que todo mundo se sente exatamente assim? Envelhece o corpo, não o espírito, não nos reconhecemos no espelho, pq nossa alma ainda é jovem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. @Fábio Siebra: Fabio, primeiro: voce vai viver 1000 anos. Ontem eu não apenas lembrei de voce, como tambem falei de voce, pq estava com saudades!

    Eu tenho uma facilidade enorme de perdoar, quando muitas vezes nem perdão a pessoa merecia. Isso me deixa algumas vezes decepcionada com a vida, outras, mais leve. Não serve de lição para ninguem, porque é uma questao muito pessoal.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  10. @Marcela: Marcela, eu gostaria muito que mais amigos pudessem ler este artigo, pq sei que será benefico para todos.

    beijos

    ResponderExcluir
  11. @Van: EU sinto necessidade constante de estar testando, me testando e aprendendo. Se alguem disser para mim que sei muito, ficarei desapontada, pq talvez nao encontre motivação. A motivação está naquilo que precisamos conquistar.

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Somos eternos aprendizes, quem disser o contrário que não precisa aprender mais nada é porque não procura se aperfeiçoar a cada instante.Não procura saber mais das coisas para poder passar adiante e crescer a cada instante.

    ResponderExcluir
  13. @Alfeu Gomes: Alfeu, não aprendemos só na leitura, na cultura, mas espiritualmente. Tem pessoas que não entendem que evolução se baseia na sabedoria adquirida.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Ei Sissym,

    Este texto é o descrever da vida, por mais que achamos que sabemos tudo, estamos sempre aprendendo algo novo, estamos sempre precisando rever nossos valores, reorganizar se, compreender o que ainda não conseguimos.O que passou ,passou, fica a experiência para o presente, e grandes esperanças para o futuro..

    Beijos e tenha uma boa semana

    ResponderExcluir
  15. Olá minha querida amiga Sissym!!!
    Belo texto minha amiga, adorei!!!
    Minha amiga, somos eternos aprendizes da vida, este aprendizado não tem um fim propriamente dito, uma vez que a vida é eterna... vivemos aprendendo e a cada dia temos novas lições para o conhecimento, tarefa constante.
    Parabéns pela excelente postagem!!!
    Tenha uma semana maravilhosa e abençoada!!!

    ResponderExcluir
  16. @Cecilia sfalsin: Cecilia.

    "Viva um dia de cada vez. O ontem já passou, o amanhã não chegou e o hoje está a te esperar"

    Denise Simon

    ResponderExcluir
  17. @Dú Pirollo: Luis, compartilhando e trocando idéias, acrescentamos qualidade às nossas vidas, podemos refletir sobre tantas questões. Como esta, para valorizarmos mais os momentos que vivemos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Lena Lopez (www.lenalopezblog.com)
    comentou 5 horas atrás
    Oi Sissym, n´so somos eternos aprendizes. Passamos a vida aprendendo a viver, a conviver, a aceitar diferenças. Cada vez que aprendemos algo, descobrimos que temos que aprender mais ainda. Aprender é uma constante e talvez seja essa o maior objetivo da vida. Quanto mais se aprende, mas se ficamos sabendo, que aprendemos muito pouco. BJOS

    ResponderExcluir
  19. Que Post Fantástico!
    Amiga SISSYM:
    A verdade é que somos eternos aprendizes da mãe vida. Muitas vezes é notório saltitar alguns fragmentos que chamamos DE: “eu já sabia, ninguém conhecer mais essa matéria do que eu, eu sim é que sei, eu que fiz, eu que pintei, eu é que tenho experiência afinal esta foi a minha tese de doutorado e meses ou anos depois se vê tudo escapulindo pelas mãos, e o pior, depois de tantas conquistas”. Bem, minha amiga, a única noção que eu tenho é que estamos é condenamos a morrer aprendendo. Somos eternos aprendizes.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  20. @LISON COSTA: Tô aqui rindo da pura verdade, Lison! Fomos condenados a viver aprendendo, do contrário, nada seremos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Também estou nessa jornada do aprendizado, Sissym. Mas é aquele lance "Sei o que nada sei" - porque quanto mais sei, mais tenho consciência que preciso aprender muito mais!! Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  22. @Luma Rosa: Luma!!!! Vamos para escola?! rssss

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Adorei o texto, ele nos faz refletir e parar um pouquinho pra pensar em alguns pontos. Não tem a ver com idade, mas com as experiências às quais passamos, isso sim, nos faz aprender.
    Delícia teu blog!

    Beijos, Sissy!

    ResponderExcluir
  24. Sissym
    Olha só , euzinha modestamente acho que não estamos aqui para lutar e sofrer , maaaas , viver nem sempre é uma paradinha simples, né ?

    Sem dúvidas existem perigos reais na vida que devemoss evitar. Mas há um abismo enorme entre a imprudência e coragem.... muitas vezes o grande lance e perceber que essa "viagem" são dois passos à frente e um para trás, e isso aprende-se todo-santo-dia :). Eu acho !
    bjs!

    ResponderExcluir
  25. Olá
    Passamos a vida inteira a aprender o que é a vida e como vive-la, e com toda certezas chegaremos ao final sem saber nada.
    Bjux

    ResponderExcluir
  26. Acho que é o texto mas honesto que já li.
    Estamos num eterno aprendisado, em quanto vivermos sempre teremos o que aprender, mas o triste são aqueles que nunca aprendem.

    abraços Sissym

    ResponderExcluir
  27. @Luciana Maria Penteado: Luciana, tem pessoas que passam uma vida de marasmo total, não procuram se aprimorar, o que será que aprendem assim?

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. @Eninha Campos: Eninhaaaaa... eu vivo dançando, 2 pra lá e 2 pra cá! Eu concordo com tudo que voce disse, eu me vejo exatamente assim. E não temos que sofrer, lamento porque as vezes passamos por situações ruins, não deveria acontecer. Aprender na dor... nossa, que escola de bruxos!

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. @Marcos Mariano: Tem gente que não ve os erros que comente, distorce fatos, muda focos e jamais vive ou deixam outros viverem em paz.


    Beijos

    ResponderExcluir
  30. A sabedoria dá à velhice beleza.

    Ser sábio é estar aberto ao aprendizado diário, é de uma certa forma ser inocente, como uma criança curiosa. É ter um olhar novo para tudo, é um conhecimento sem conhecimento.

    Acredito que você está no caminho certo, e acho que eu também. O tempo está passando e estou na melhor trilha que poderia estar.

    Xero!

    ResponderExcluir
  31. @Nanda Botelho: Nanda, sempre ouvi dizer que a sabedoria está em ser humilde e querer evoluir. Achei bonito como vc se referiu: a sabedoria dá à velhice beleza.
    Gostei disso.

    beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada