Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, outubro 15, 2011

BLOG ACTION DAY 2011: FAMINE x WASTE

I <span class=


FOOD
FAMINE
WASTE


COMIDA
FOME
DESPERDÍCIO





ALIMENTO :



"Quando Pero Vaz Caminha chegou em terras brasileiras escreveu uma carta ao Rei dizendo:

- Aqui nessa terra tudo que se planta nasce,
cresce e floresce.


Ele não podia estar mais certo. Desde então os portugueses trouxeram muitas plantas para o Brasil." (*Fiocruz)



BLOG ACTION DAT 2011: FOOD




A inspiração para este trabalho :


http://www.msf.org.br/


A realidade :


Eles estão morrendo de fome :




O desperdício de alimentos no Brasil :



"O Brasil é o quarto produtor mundial de alimentos (Akatu, 2003), produzindo 25,7% a mais do que necessita para alimentar a sua população (FAO). De toda esta riqueza, grande parte é desperdiçada.

Segundo dados da Embrapa, 2006, 26,3 milhões de toneladas de alimentos ao ano tem o lixo como destino. Diariamente, desperdiçamos o equivalente a 39 mil toneladas por dia, quantidade esta suficiente para alimentar 19 milhões de brasileiros, com as três refeições básicas: café da manhã, almoço e jantar (VELLOSO, Rodrigo. Comida é o que não falta. Superinteressante. São Paulo: Ed. Abril, nº 174, março/2002).

Instituto Akatu - pelo Consumo Consciente : visite aqui .

De acordo com o caderno temático “A nutrição e o consumo consciente” do Instituto Akatu (2003), aproximadamente 64% do que se planta no Brasil é perdido ao longo da cadeia produtiva:

  • 20% na colheita,
  • 8% no transporte e armazenamento,
  • 15% na indústria de processamento,
  • 1% no varejo,
  • 20% no processamento culinário e hábitos alimentares.

Segundo Instituto Akatu, 2004: Os números supracitados fazem do Brasil um dos campeões mundiais de desperdício. Analisando estes dados de uma forma mais simples, isso significa que uma casa brasileira desperdiça, em média, 20% dos alimentos que compra semanalmente, o que remete a uma perda de US$ 1 bilhão por ano, ou o suficiente para alimentar 500 mil famílias.

Prova deste desperdício financeiro é ressaltada pela 8ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro, em 2007, que demonstra que os supermercados perderam 4,48% de seu movimento financeiro, em perecíveis. Além disso, uma estimativa realizada pela Coordenadoria de Abastecimento da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo indicara que perdas na cadeia produtiva dos alimentos equivalem a 1,4% do PIB – Produto Interno Bruto.

Fonte: O Desperdício de Alimentos no Brasil .


Vamos acabar com o desperdício :




Uma Idéia :

Fome Zero

Crianças nascidas em situação de extrema pobreza são salvas da desnutrição e da diarreia graças a medidas simples, como a pesagem periódica de bebês, o soro caseiro e a farinha multimistura, preparada com sementes e “restos” de alimentos, como talos de verduras, cascas de frutas e ovos. O custo criança/mês é inferior a R$ 1,7.

Como resultado deste pensamento surgiu a multimistura considerada como um complemento alimentar. Composta de farelo de trigo ou arroz, pó de folhas verdes escuras (mandioca, batata doce, cenoura, espinafre, etc.), pó de casca de ovo e de sementes de abóbora, melancia, melão, gergelim, dependendo da disponibilidade de matéria-prima local.

1. Aproveitar todas as partes da planta, chamadas de comestíveis;
2. Resgatar hábitos alimentares tradicionais, perdido com a migração do homem do campo para a cidade;
3. Enriquecer a alimentação com fontes de vitaminas de baixo custo. Folhas, cascas e sementes, que geralmente são descartadas como "lixo de cozinha", teria valor nutritivo.


Trechos do último discurso Zilda Arns :


"(...) Sabemos que a força propulsora da transformação social está na prática do maior de todos os mandamentos da Lei de Deus: o Amor, expressado na solidariedade fraterna, capaz de mover montanhas."Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos" significa trabalhar pela inclusão social, fruto da Justiça; significa não ter preconceitos, aplicar nossos melhores talentos em favor da vida plena, prioritariamente daqueles que mais necessitam. Somar esforços para alcançar os objetivos, servir com humildade e misericórdia, sem perder a própria identidade.

Cremos que esta transformação social exige um investimento máximo de esforços para o desenvolvimento integral das crianças. Este desenvolvimento começa quando a criança se encontra ainda no ventre sagrado da sua mãe. As crianças, quando estão bem cuidadas, são sementes de paz e esperança. Não existe ser humano mais perfeito, mais justo, mais solidário e sem preconceitos que as crianças.

Como os pássaros, que cuidam de seus filhos ao fazer um ninho no alto das árvores e nas montanhas, longe de predadores, ameaças e perigos, e mais perto de Deus, devemos cuidar de nossos filhos como um bem sagrado, promover o respeito a seus direitos e protegê-los."


Curiosidades - sabedoria e simplicidade :

A minha vizinha, Marinita, contou que quando ela era jovem e morava no interior de Pernambuco, nordeste brasileiro, arroz era um artigo de luxo . Ela sonhava chegar as datas festivas para que pudesse comer este alimento. Embora o arroz não seja rico em nutrientes, ele é a base da alimentação, preparado com temperos fica simplesmente delicioso.

Eu tive por alguns anos uma diarista muito humilde chamada Regina. Uma das coisas que mais admirava nela era saber aproveitar partes dos alimentos que nunca imaginei utilizar. O que ela fazia provavelmente tem muito a ver com os princípios da multimistura. Eu ficava observando-a preparar sucos verdes de talos de folhas e comidas cozidas de sobras de alimentos. Ela era muito magrinha, porém bastante saudável e, com certeza, fome não passava porque não desperdiçava absolutamente nada.

E, sem deixar de me lembrar especialmente de meu saudoso pai, Luiz, que também não jogava fora alimentos que poderiam ser deliciosamente transformados.



Valorizemos nossas vidas e o que temos :









Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

50 comentários:

  1. "The real waste was never of things. It is the life"

    "O verdadeiro desperdício nunca foi das coisas. É da vida."

    Vittorio Buttafava

    ResponderExcluir
  2. Olá minha querida amiga Sissym, boa noite!!!
    Minha amiga, uma situação muito triste, não ter o que cometer é terrível... Só com o que se perde daria para saciar a fome de muita gente... Em um país em que se plantando tudo dá, como pode faltar alimentos para os necessitados... É muito triste e desumano ver essas crianças da foto, um absurdo...
    Parabéns pela postagem, serve de alerta!!!
    Tenha uma linda e abençoada noite!!!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Sissy! Excelente trabalho de pesquisa e conscientização.
    Há tempos sou defensora da prática de não desperdiçar alimentos.
    O que considero muito importante é preservar a flora e seus polinizadores para que possamos ser o celeiro do mundo, tão carente de ações governamentais que garantam a produção global de alimentos.
    Um afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  4. Que post incrivel. O desperdicio no Brasil é de tudo: comida, talentos, oportunidades. Tempo. Esse o unico que nao pode ser devolvido.
    Quanto a questao da fome, deveria haver um blog so para isso, onde pudessemos contribuir com idéias todos os dias. Um absurdo, tem questos que precisam ser discutidas com sindicatos, saude publica. Ex: por que os restaurantes tem que jogar fora todas as sobras? Como contornar os perigos e prover de alimentos milhares de pessoas na vida urbana? Esse é um minimo item, cmo a coisa é complexa! Bjos

    ResponderExcluir
  5. É, no mínimo, pitoresco que a Blogosfera dita "organizada esteja agora, dia de domingo e livre para as causas extra-obrigatórias, esteja organizada em torno de mesas fartas de churrasco, cerveja e fartura de futilidades patéicas.

    É obscena, sim, o descaso da humanidade, dormente para a Razão e a Inspiração e acordada para os instintos e egoísmo deploráveis. É imoral que "rezem" tanto e nada façam de cncreto, nem entrar num computador, onde todas as coisas boas (e más) estão ao alcance de alguns poucos cliques, pra disseminar o despertar de Consciências.

    Ainda tenho na cabeça uma velha charge que vi um dia nas Imagens do Google, em que aparecia dois ETs conversando sobre a existência de Vida inteligente na Terra.

    - Olhe lá, claro que há vida inteligente naquele planeta! Veja!

    Aparecia a imagem de um burro!

    Boa sorte! Já retwittei e compartilhei no Facebook! Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Um bom domingo e uma ótima semana pra ti minha amiga...beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá Sissy, minha querida!
    Parabéns por essa campanha, amiga! Já participei uma vez de uma campanha assim e fiz um belíssimo trabalho junto aos estudantes do segundo grau e nas faculdades... Aqui em casa ensinamos, desde já, aos nossos filhos sobre a importância de não desperdiçarmos comida. Sempre que vejo comida jogada ou desperdiçada, me dá um grande nó na garganta, uma dor no coração, pois lembro imediatamente que há muitas pessoas pelo mundo que não têm o que comer e que daria tudo para comerem aquilo que aqui consideramos lixo! Acredito que há, sim, comida para todos e daria para vivermos todos bem, mas infelizmente não acontece assim... Então, cabe a nós essa consciência! Ajudamos como podemos e, no seu caso, tenho certeza que essa divulgação é um passo importante!
    Parabéns, querida!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  8. O que mais achei legal no seu texto é que não falou só do que não funciona. Já tem muita gente se mexendo para lidar com a comida de forma diferente.

    Precisamos falar delas também, reconhecer e recompensar seu esforço.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Sissym, realmente essa situação é bem complexa e triste...acho que atitudes como a sua, de trazer o assunto para debate, serve para que pessoas reflitam e ajam...
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Sissym,

    Se o ser humano se conscientizasse no que acontece ao redor do mundo,não desperdiçava tanto,não jogava fora aquilo que se chama vida e que é capaz de destruir um grande monstro que tem resgatado crianças e adultos a "FOME",amiga o desperdício significa muito pra quem um dia não teve o que comer em casa....

    Beijosss

    ResponderExcluir
  11. Simone,

    Pessoas assim, iguais a você, são conscientes e engajadas à causa do Mundo sem Fome. Parabéns por nos fazer despertar para um problema que requer uma ação conjunta de toda a sociedade.
    Grande beijo, minha amiga.
    Herval

    ResponderExcluir
  12. @Ana Lucia Nicolau: Ana, eu penso que muitas pessoas já estão preocupadas em mudanças, melhorias, contudo, o efetivo é tão pequeno. Falta tanto...

    ResponderExcluir
  13. @ebraelshaddai: Ebrael, otimo comentario. Uns tem demais enquanto muitos não tem nada. Alguns falam demais e muitos outros esperam pela ação das palavras levadas ao vento.

    Existem pessoas incriveis tentando ajudar, mas são poucas conscientes para milhoes que esperam soluções.
    Tambem a solução precisa começar por eles mesmo e dos paises onde moram. Tem algo severamente errado. O mundo tambem não tem culpa, porque o acerto começa de dentro para fora. De casa para o mundo. O que falta para eles?!

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  14. yet another writer from Portuguese writing about famine and waste. I loved your points and particularly about the malnutrition babies was too good.. Glad you left the links of BAD and all important pages.. Keep writing more posts like this.. PS: what could food starvation can do? Read my post here for BAD 2011

    Someone is Special

    ResponderExcluir
  15. @Someone is Special: I am grateful for your visit.

    We both talked about the same thing: famine.
    You felt hungry in your childhood.
    My family was not rich, but we had a good table.
    Only many years after I met the reality in Brazil, thousands of people live in poverty and starving.
    When I studied in the citytown, all night I saw a horrible scene: people picking up the trash debris spoiled food left there by restaurants.

    I do not blame rich countries for the failure of the poorest, because at some point they erred, they failed to react. Cos these poor nations never left for effective action.

    Cheers and I'll see you soon!

    ResponderExcluir
  16. @Dú Pirollo: Luis,

    Infelizmente, nós mesmo vemos nas feiras e mercados tantos bons produtos no chão! Poderia alimentar muitos famintos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. @Yolanda Hollaender: Yolanda, que informação boa esta!
    Eu fico imaginando se um grupo como o nosso sentasse, o que não conseguiríamos colocar na ponta do lápis!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. @Nanda Botelho: Eu conheço pessoas, Nanda, que arregaçam as mangas e saem para ajudar. Existem pessoas preocupadas em fazer e isso tem bons resultados, mesmo que não atenda um grande grupo, não deixa de ser solução.

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. @Cecilia sfalsin: Cecilia,

    Eu ficava chocada e tambem enojada em ver tantas pessoas, coitadas, pegando comida estragada nos latões deixados pelos restaurantes. Não sabia como eles conseguiam. Mas era o desespero. Vendo aquelas cenas, aprendi a valorizar mais tudo e agradecer a Deus sempre.

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Francisco Castro (www.franciscocastro.com.br)
    comentou 2 horas atrás
    Olá, Sissym!

    Um tema bastante pertinente que vem acalhar uma necessidade premente da sociedade brasileira. Eu desejo que seja um grande sucesso essa sua batalha.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  21. @Camille: Camille,

    Eu penso que contra o desperdício tem que começar pelas ações individuais, visto que até eu mesma já deixei uma fruta cair no chão. Acontece que eu me abaixo, pego de volta e se não era o produto que eu queria, ao menos devolvo ao lugar certo.

    Outra coisa, vejo nos mercados os funcionarios catarem produtos já moles ou estragados, sei que a maioria não distribui gratuitamente, seria perfeito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. @Jackie Freitas: Jackie, amo ler tudo que escreve. Eu viajei agora, lembrei dos sermões de meu pai, hoje passo à minha filha. Até que ela é muito consciente, nossa, tem horas até que ela quer me ensinar!

    Uma coisa importante é saber aproveitar o que temos, vejo pessoas jogando no lixo produtos que poderiam ser transformados num delicioso risoto ou uma fritada de dar agua na boca ou um bolinho de arroz ou de legumes.

    E... água... eu fico doente quando vejo torneiras pingando!

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Dói quando não aproveitamos o que comemos aqui em casa.
    Estamos sempre brigando para evitar o desperdício.

    ResponderExcluir
  24. @Ana Lucia Nicolau: Eu fico sempre imaginando que a troca de idéias pode trazer, por acaso, uma brilhante solução. Ana, nunca se sabe... sempre devemos estar atentos.

    BEIJOCAS

    ResponderExcluir
  25. @Herval Filho: Herval,

    Mal consigo imaginar uma pessoa, qualquer idade, estar morrennnnndo de fome, pele e osso, com dor em todo o corpo porque este não tem mais energia. Eu gostaria de abraça-las, passar minha energia e alimenta-las.

    Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  26. @SérgioSP3: Sergio,

    Para mim, se faço o certo dentro de casa, já estou de algum modo contribuindo por um mundo melhor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Sissy
    É triste ver o desperdício de comida no Brasil e mundo afora. Volta e meia vejo reportagens e matérias na TV com dicas para reaproveitar cascas, folhas e até sementes.´Seu post está ótimo e é muito oportuno. Apesar do grande avanço ainda há muito o que fazer aqui e principalmente em países como os da ÁFrica, onde a miséria impera.
    Um abraço apertado

    ResponderExcluir
  28. @Jorge Fortunato: Jorge, existe muita miseria e fome no nosso país, mas acho que nada é tão gritante quanto ao absurdo da condiçao humana no continente africano. Quando não é um país é outro, perdurando anos, e sem soluções concretas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. É espantoso . Há cerca de (bi) milhões de pessoas desnutridas no mundo, e milhões de toneladas de alimentos desperdiçados ...
    Devemos ser convencidos pela mídia, jornais, revistas , canais de televisão , internet, escolas , "escambau", que cada um deve assumir essa onda e avançar para uma sociedade socialmente consciente.
    Desperdiçar comida não é uma boa nem para economia, nem para meio ambiente ou para a nossa postura ética.
    Parabéns Sissym .
    um bjo!

    ResponderExcluir
  30. Trago uma reportagem para você: "Na captura com os freegans"

    Somos o país que mais joga comida no lixo, uma face do Brasil que muitos desconhecem e leva a uma importante reflexão: afinal, como pode um país que possui 50 milhões de famintos jogar fora 70 mil toneladas de comida todos os anos? Mais espantoso ainda é saber da existência de uma lei federal que proíbe a doação de alimentos. Quem desobedecê-la pode ser punido com até cinco anos de prisão. A Lei 3.071, de 1916, diz que quem doa uma refeição pronta assume os riscos caso venha a fazer mal a alguém, e prevê detenção de até cinco anos para o responsável, mesmo que a comida seja doada em boas condições e venha a estragar por deficiência no armazenamento ou manipulação de quem a recebe. Por isso restaurantes, supermercados, padarias, etc. não se prontificam a participar de qualquer projeto neste sentido.
    Texto enriquecedor e reflexivo. Que o action day mobilize corações!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  31. Bertold Brechet tem uma frase - "Para quem tem uma boa posição social, / falar de comida é coisa baixa. / É compreensível: eles já comeram."

    A postagem é triste, porém necessária para acordar nossas políticas públicas tão alheias aos seus compromissos.
    Um grande abraço, amiga e linda semana!

    ResponderExcluir
  32. @Eninha Campos: Eninha,

    Nunca me esqueci de quando foi descoberto toneladas de leite apodrecendo num deposito no Brasil, eram doações vindas da Alemanha para pobres do nordeste/norte. E com certeza não foi fato isolado.

    No exterior tambem há pirataria que rouba doações para carentes africanos.

    O mundo vive batalhas morais, quando não há respeito por nada, especialmente ações humanitárias.

    Bjs

    ResponderExcluir
  33. @Luma Rosa: Hummmm Luma, bem lembrada maldita lei! Olha, uma amiga que mora nos EUA teve um susto anos atras. Amigas não recebiam seus filhos com medo dos mesmos se machucarem na casa deles e por isso serem processados. Igual para festas de aniversarios, que contratam serviços que apresentem notas fiscais, porque se alguem passar mal, a culpa é de quem fabricou os alimentos comprados.

    E o que falar então de pessoas, eu conheço varias, que fazem quentinhas e uma vez por semana distribuem para os moradores de ruas?!

    Quanta ignorancia!

    E claro, não podemos de jeito algum esquecer que dentro de nossa casa chamada Brasil existem miseraveis e esfomeados.

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. @Malu: Malu, perfeita citação, especialmente pq muitas pessoas passam e ignoram o que veem.

    Quando vejo pessoas nas ruas pedindo comida, especialmente velhos, caramba... não consigo deixar de prestar atenção. Se eu posso, ajudo. Mas ajudo se aceitarem alimentos e não dinheiro. Porque dinheiro pode ser para outra finalidade, vícios.

    Bjs

    ResponderExcluir
  35. Oi Sinssym
    Sem dúvidas, somos um povo que não sabe se alimentar e aproveitar os alimentos na sua essência e totalidade.
    A abundância de alimentos que produzimos aliada à questão cultural é um fator determinante para agirmos desta forma.
    Normalmente, os países que passaram por experiências de guerras, devastação e exploração econômica, valorizam mais a importância do alimento.
    Esta questão da fome sempre foi e é, uma preocupação que faz parte da minha militância social.
    A ela, dedico parte das minhas horas de laser. E acredito que me faz muito bem agir assim.
    A multimistura realmente tem salvado muitas vidas, em especial no continente africano, que sofre com a falta de comida e água.
    Por isso apoio a postura do governo brasileiro em relação á ajuda que oferece aos povos africanos e, e no Brasil, o Programa Brasil sem Miséria.
    Aliás, enquanto Nação estamos ensinando ao mundo como se faz, com muita vontade e poucos recursos financeiros. Foi isso que a Dilma fez na abertura da Assembléia da ONU.
    Gostei!
    Não por acaso tenho postado no Travessia matérias sobre a fome na áfrica.
    É também por isto que sempre digo que não podemos ver a áfrica apenas pelo retrovisor... Apesar de toda a exploração que sofreu e sofre, é uma realidade e existe.
    Um beijo querida.

    ResponderExcluir
  36. @Beth Muniz: Beth

    Estou completamente satisfeita e emocionada com seu comentario, que conteudo de informações e clareza!

    Obrigada. E parabens pelo que voce tambem faz. Sinto orgulho!

    bjs

    ResponderExcluir
  37. I can't understand the words but the images are shocking. We cannot just be bystanders and let this happen.

    ResponderExcluir
  38. @mycustardpie.com: Thanks Sally for visiting, my blogs have translators Google and it is the first gadget in the right column.

    I've been working as a volunteer for many social causes, I just do not do more than I can because I have a job so bureaucratic. I dream one day to leave for an effective action. So I will feel fulfilled in life.

    Kisses

    ResponderExcluir
  39. Excelente post! Tento aproveitar a comida ao máximo mas, pelos vistos, ainda é possível aproveitar mais!

    p.s.- bolo com casca de banana? vou ver como isso se faz...

    ResponderExcluir
  40. @Marisa: Marisa, agradeço por ter participado. Nós não fazemos ideia de tudo que pode ser aproveitado. Podemos aprender com os menos favorecidos, eles ensinam.

    Bjs

    ResponderExcluir
  41. Fadinha linda:
    Que maravilha de campanha.Minhas congratulações a você por participar.
    Eu sou meio maniática com essa de desperdiçar comida, fico sempre pensando nos que não a tem e me recuso a jogar restos no lixo, então sempre dou um jeito. rsrs
    grande abraço

    ResponderExcluir
  42. @Atena: Atena, saudades!

    Eu não sou boa cozinheira, mas tenho muito cuidado em aproveitar o maximo tudo que consumimos em casa.

    Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  43. Sissym, gracias por tu comentario en http://albordedelcaos.com/ , el cual me permitió conocer tu fantástico blog! Felicitaciones, y obrigado !!!

    ResponderExcluir
  44. thanks for dropping by my blog and message. =D

    ResponderExcluir
  45. Importante demais valorizar e respeitar a vida.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  46. @Cadinho RoCo: E as pessoas conscientes que continuem colaborando! BEIJOS

    ResponderExcluir
  47. здесь на официальном интернет-ресурсе вы можете заказать [url=http://am72.ru/]автозапчасти из америки в Тюмени[/url].

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada