Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

quarta-feira, março 18, 2009

Águas sem Fim

Aqui estou de frente a ti
Você não conversa comigo
E eu nem posso partir
Nem contar com você amigo

Estou ainda no trabalho
Está tudo cinza lá fora
Nem tenho outro atalho
Eu desejava é ir embora

O céu vai transbordando
São as chuvas de março
Continuo aqui teclando
Vendo somente embaraço

Ouço apenas o som contínuo
Inconfundível e solitário
Está tudo escuro definitivo
Piso inundou, está ordinário

Melancólica... fiquei parada
Quero o aconchego do meu lar
Confesso que estou cansada
é lá, o lugar que quero estar.

(por Sissym, cansada)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

6 comentários:

  1. um momento de angustia pode ser curtido ao maximo de maneira a transforma-lo num momento de aprendizado.

    ResponderExcluir
  2. São os momentos de cansaço que nos empurram para a vida.

    Abraço
    Luísa

    ResponderExcluir
  3. Olá, Simone!

    Minha colega (de poesia, rsrsrs), está chuvendo muito aí? Aqui em São Paulo tem alguns lugares que foi totalmente impssível passar na tarde/noite de ontem. Hoje pelo menos não chuveu tanto, onde eu moro nem pingou.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  4. Tem dias que a gente fica asiim mesmo.
    Muito boa a poesia.
    Adorei o seu blog.

    ResponderExcluir
  5. Seu estado de espírito estava péssimo, não amiga? Mas tudo melhora. bjs

    ResponderExcluir
  6. Sissy, As hard as life can become...I think you know that there are still people out there that care about you. You will always be loved by me and possibly millions of fans as one of the greatest writers of our time.....Your words have already touched me...Beijos, Craig

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada