Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

quinta-feira, março 19, 2009

A Ilha de Um coqueiro Só

Numa meia ilha
a meia milha
resolvemos nos perder.
Ele queria um coqueiro
e ficou todo zombeteiro.
Pois eu fresca logo pedi
um paraíso logo ali.
Ele estalou seus dedos
como mágica logo veio
cascata sem mentiras
acreditem,
deliciosa cachoeira!
Prometeu-me sem mosquitos
afinal eu sou alérgica!
Vieram bichos pra lá de
esquisitos...
fiquei dando faniquitos.
Combinamos nossa fuga
há um bom tempo.
Sonhamos acordados
baboseiras.
Falando tro-lo-lós
eternas besteiras.
O meu querido amigo
ele sabe me fazer sorrir.
Qualquer coisa vale a pena
para poder me ver feliz.
Eu disse que ele mora
num lugar sem igual,
dentro do meu peito
com carinho especial.
Lanço um sorriso maroto
bem daquele meu jeito.
Beijaria aquele garoto
com todo meu respeito.
Vamos sim para a ilha
de um coqueiro só.
Sentaremos numa pedra
borbulhos junto ao mar,
apreciaremos o por-do-sol
e quem sabe, te amar!

Anotações:
Partida: 24 de junho
Regresso: 04 de outubro

(por Sissym)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

3 comentários:

  1. Lindo!

    Tem razão querida, acho que selos e memes são a mesma coisa.
    Talvez a diferença seja que selo seja apenas a figura como presente e o meme tenha umas coisinhas para se fazer.

    ResponderExcluir
  2. Aiiiiiiiiii que lindoooo seu textoooo Sis!!!!

    Adoreiii...a Ilha com um coqueiro só...tu escreve muito bem....adoro ler seu blog...
    Foi muito bom vc ter achado o meu, me sinto muito bem aquiii....

    Beijos linda...tenha um bom dia!!!

    ResponderExcluir
  3. Sissy,
    Voce é mesmo uma caixingha de surpresas,á cada dia se supera,lindisssimo poema,adorei.
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada