Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

terça-feira, fevereiro 23, 2010

Contando estórias para minha mãe dormir



- Sabe por que fico doida para que a hora de dormir chegue?! Quando a gente dorme... zumpt... passa um segundo e a gente acorda logo!



Eis uma das explicações de minha filha para, na verdade, não querer dormir. É uma enrolação...

Vou entrar agora no túnel do tempo antes de voltar ao título desta matéria.

Embalei o soninho de minha filha, nos primeiros anos, com músicas infantis. Eu cantava todas que lembrava. Além de inventar e cantarolar orações também. Sinceramente, adorava o meu momento estelar! Era normal ela dizer sempre: - "mais, mamãe! mais!"

Até que um dia ela colocou a mãozinha na minha boca e pediu que passasse a contar estórias. Isso foi ótimo, porque eu gosto muito desta parte. Contar as que ouvi quando menina, contar as mais atuais, contar as minhas. Eu inventei muitas continuações para outras estórias tradicionais, porque ela mesma solicitava que eu fizesse isso. Uma das que inventei foi "O Bosque Encantado" (leiam aqui) .

Eu sempre a estimulei oferecendo todos os tipos de livros, começando com os tipos táteis, outros visuais, alguns sonoros, até começar a viagem na leitura propriamente dita. Desde pequenina é cuidadosa e jamais estragou nenhum. Eu sinto prazer de ir a uma livraria e vê-la escolher algum livro. Uma das aquisições recente, muito bem escolhida, foi a coleção escrita por Madonna. Sim, estou falando da cantora pop mais conhecida em todo o mundo.

Quem nunca leu, recomendo, deve. As mensagens são bonitas e as ilustrações são perfeitas. Provavelmente conhecem o título: "As Rosas Inglesas".


Ontem, à noite, a minha filha escolheu ( já lemos todos): Yakov e os Sete Ladrões. Combinamos que ela ia ler para mim. Vou confessar que foi uma delícia! Eu curti muito ouvi-la. Hoje haverá a continuação. É degustação gradual de uma leitura primorosa.

Esta obra é o terceiro livro de Madonna. Ela apresenta uma narrativa delicada e sensível. A estória ocorre no século XVIII, na Europa, numa pequena cidade onde vive um sapateiro muito humilde que se desespera com a grave doença de seu único filho. A pedido da mulher, ele procura um velho sábio que tem o dom de falar com os anjos. Com a intenção de ajudar o sapateiro, o sábio reune os piores ladrões da cidade. A bondade e o perdão são a chave para poder abrir os portões do céu para que os anjos ouvissem a súplica.

Agora... eu, irei dormir...

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

15 comentários:

  1. Ah, muito legal este relacionamento de mãe e filha que você nos passa com muito orgulho e alegria. Penso que todas as mães deveriam fazer o mesmo que você faz, voltar a ser criança para poder crescer com ela em amizade, amor e confiança mútua.
    Parabéns pela mãe cuidadosa que é.
    Um abraço
    João

    ResponderExcluir
  2. Boa noite minha amor, I read "The Enchanted Wood" and I loved it! The books of Madonna sound like fun too! I love making up alternate endings to stories when children want more. You are lucky to have this accomplished and eager daughter to read to you, (rocking you to sleep). I hope you sleep well. Sonhas doces....Love, Craig

    ResponderExcluir
  3. Sissym,

    Que bonito. A filha contando histórias para a mãe. Mas eu acho que ela gosta de fazer isso, porque tem um grande exemplo, que é você, e isso a estimulou naturalmente.

    Estou vendo que vem uma nova escritora por aí.

    Ah! Obrigado por me informar a respeito do livro da Madonna, nuca imaginei que a cantora pop escrevia.

    Beijos e um bom dia pra você.

    ResponderExcluir
  4. Syssim,
    Eu tb adorava as histórinhas q minha mãe contava...
    E havia uma de q não me esqueço: O Coelhinho que não gostava de iogurte!
    Essa ela inventou e algum dia vou contá-la no Minhas Memórias...
    Era para eu comer todo dia de manhã, dois potinhos de iogurte, q eu teima em não comer...
    Era uma novela só... E só comia depois de ouvir as histórias do colehinho!
    Uma delícia!

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto Sissym! Adoro ler também e graças a Deus os meus filhos puxaram p/mim e vivem comprando livros. Acho isso muito bom, pois além de estimular a imaginação da criança, a leitura as deixa mais calmas e é cultura também.
    Não conhecia essa coleção da Madonna, deve ser mesmo muito linda! A sua filhota tem um gosto incrível, viu?
    Bjs e ótima quarta p/vc

    ResponderExcluir
  6. que lindo! sou muito fã da madonna mas confesso que ainda não li esses livros dela, que são magníficos!

    beijos
    cintia

    ResponderExcluir
  7. que bom voltar aqui..é muito bom de ler.
    Gosto daqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  8. Olá Sissym!
    Visitando um blog de uma amiga acabei
    entrando no seu...e me apaixou de primeira rsrsr...
    Lindo,lindo...parabéns!
    Esse texto é lindo!
    Não conheço essa coleção da Madonna...
    Deve ser basatante interessante...
    Querida já estou te seguindo para te acompanhar!
    Um grande beijo no seu coração!
    Simone

    ResponderExcluir
  9. Sissym,

    É muito gratificante quando vemos nossos filhos tentando imitar o que de bom os ensinamos. Sei que vai dormir muito bem.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Olá querida fadinha Sis,

    Vai querida, vai dormir em paz, com anjos velando seu sono, e sonhando com o doce conto que Laurinha leu para você.

    E que linda a Laurinha trilhando os passos da mamãe, se colocando em seu lugar e fazendo-a dormir com o som suave de sua voz de criança a narrar-lhe estórias. É a reciprocidade do desmedido amor que a ela dedicou todo esse tempo.

    É sublime ver esse amor mútuo.
    Que Deus as abençoe pela vida adiante, amparando-as e fazendo-as muito felizes, e que todos os seu problemas se resolvam a contento.

    Beijos amada.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  11. Oii Sissyn
    Q coisa fofa, deve ter sido muito meigo escutar su filhota contar historia para você.Parabens pelo seu incetivo para sua filha gostar da leitura.Voce ja assistiu o leitor? se não assista é uma historia maravilhosa de uma jovem que nao sabia ler, sendo que ninguem sabia disso, ela tiha vergonha ai pedia para um rapaz fcar lendo os livros para ela, nao vou contar mais se não estraga
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Sissy

    Lindo seu post:
    Eu tambem cantava e contava historias a meus filhotes. E algumas inventava ,quando já estavam fartos das mesmas.
    E agora eles gostam muito de ler e de musica.
    beijnhos
    joana

    ResponderExcluir
  13. Huhum, interessante, pois pelo jeito é um blog diário...

    Mas ainda não tenho filhos, mas imagino que em vez de incentiva-los a ler, mas é bem possivel que seja mais quadrinhos (minha paixão).

    Fique com Deus, menina Sissym.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Sissym,

    Quando minhas filhas contavam história para eu dormir, logo que começavam, eu dava de cochilar. Elas puxavam o meu cabelo e dizia para eu ficar acordado até acabarem de contar a história. Elas no sofá e eu no chão pior que bêbado.
    Se não tinha história tinha o salão. Quase todo o dia tinha que brincar de salão. Mesma cena: elas no sofá e eu no chão. O chão era a cadeira do salão. Aí molhavam, passavam Neutrox - você não era nascida nesta época - e tome-lhe penteados no meu cabelo liso-bombril. Depois de algumas penteadas minha cabeça começava a escorregar de lado, pois eu pegava no solo e saía me arrastando para a cama.

    Elas ainda contam história hoja, mas cada uma de não me fazer dormir, mas rir de montão.

    Beijo pra você e a Laurinha.

    Do amigo,

    Antonio

    ResponderExcluir
  15. Fiquei aqui imaginando sua filha contando estórias pra vc, que momento gostoso!!!
    Eu com certeza iria ficar quietinha, ouvindo cada detalhe e prestando atenção na entonação de voz. Adoro as interpretações hehehehe

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada