Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

quarta-feira, agosto 04, 2010

O inteiro e a Metade

Eu fui jantar na casa de amigos no final de semana passsado. Pessoas que, felizmente, eu já conhecia e podia ficar muito a vontade. Estávamos conversando tantos assuntos, frases paralelas, aquele tipo de ambiente onde as vozes se cruzam quando tem mais de duas pessoas no mesmo ambiente. Todos animados. Alguns aperitivos gostosos. Amigos levaram bebidas, doces, etc... cooperação dos tempos modernos. Hora de jantar:





- Ops... Simoninha acho que voce não pode comer pimentão!
- Nossa, nem minha mãe se lembra deste detalhe!!!
- Sinto muito, o molho está com pimentões...
- Eu adoro saladas e a sua está convidativa...
- Quer que eu faça ...
- Nem pensar, salada!

A única opção quente que eu poderia ingerir seria arroz, a moqueca estava cheia de pimentões! O empadão também levou um pouco e eu não posso nem com o cheiro... não tem problemas, eu adoro saladas e isso estava perfeito para a noite.

Eu já havia notado na cozinha, quando ajudei com a chegada de alguns doces engordativos, lindas frutas do conde! E pensei que a sobremesa seria perfeita!

- Posso pegar uma fruta do conde?!
- Claro!

E trouxeram frutas. A idéia foi boa, porque tive companhia para comer.

Lá se iam os caroços... eu ia pensando nas pessoas que já me contaram os motivos pelos quais não suportam fruta do conde... e... e... arghhhhhhhhhhhhhh! Será que estava vendo bem?! Só sei que fiquei muda, de boca cheia e trancada, talvez branca, amarela, verde... sei lá...

- O que ela tem?!
- Acho que engasgou!
- Bate nela!
- Bate forte nas costas!

Quando ia tomar um tapão daqueles nas costas, fechei os olhos e no guardanapo mandei tudo fora!

- Engasgou?! - perguntaram

- Não, eu acho que fiquei com metade da minhoca dentro da boca e não tinha coragem de ver isso e muito menos de engolir!

Ouvi um sonoro, brincalhão e debochado: ARGHHHHHHHHHH

Eu fui bochechar mil vezes a boca... tudo que consegui colocar para dentro depois foi um café e uma trufa.

Na verdade, a perícia não concluiu a autópsia na dita cuja, contudo, alguns "cientistas" concluiram que parecia estar inteira, que eu não havia comido parte, porque ela era assim mesmo esquisita, enrugadinha.

Então, o que não faltaram foram historias horripilantes... se eu fosse uma criança, depois de tudo que ouvi, certamente sofreria um pesadelo, no silencio do quarto, no escuro vazado por sombras, seres ocultos de outro mundo iriam aparecer...


Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

27 comentários:

  1. Nooossaaaaa Sissym,
    Amiga não é consolo não. mas caso ingeriu metade, mesmo não sendo da cultura nossa, era pura proteína, uma coiss é certa.. não iria fazer-lhe mal, a não ser o inconveniente. Paz.

    Beijo pra vc amiga,

    ResponderExcluir
  2. Uia, maior melda não poder empadão...

    Mas menina, se foi combinado, por que você não avisou o pessoal que não podia comer pimentão?

    Fique com Deus, menina Sissym.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Santo Deus!!
    rsrs
    Bah! logo contigo que não comeu nem mesmo o pimentão!
    rsr
    Ah, mas quem sabe seria saborosa uma "cobrinha básica" neste jantar?
    beijos, linda

    Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkkkk imaginei a cena
    aaaaaaaaaa eu perdi isso
    eu queria ter sido uma mosquinha pra ter visto a tua cara ou
    melhor e queria ser a minhoquinha na fruta do conde rindo de tu amarela kkkkkkkkkk
    bjim guria

    ResponderExcluir
  5. Ohh dó..rss
    Nossa, fiquei imaginando a situação e o nojo..rss
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sissy, minha querida!!
    kkkkkkkk...ri demais aqui só imaginando a cena! Eu AMO fruta do conde! Mas, olha, se te serve de consolo, dizem que as tais minhoquinhas possuem propriedades saudáveis se ingeridas, viu?
    hahahahaha...Que experiência, minha linda!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  7. @Hod: Eu só fico pensando quantas já comi sem saber! kkkkkk sou uma passarinha!

    ResponderExcluir
  8. @Daniel Savio: @ Savio, nem me passou na cabeça. E ainda comandar cozinha dos outros... tinha salada e era deliciosa, eu gosto muito, era variada. Só que a fruta tinha visitante! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. @Psiquismo Desmistificado: só de lembrar eu bochecho a boca novamente.... a sorte que ela era branquinha, se fosse marrom, tipo terra... arghhhhhh

    ResponderExcluir
  10. @Maria Marçal: Eu sou alergica a pimentoes, eles ficam dentro de mim, lembrando-me da existencia deles, por mais de 24 horas, eu não faço digestao, nem mesmo cozidos, de cor alguma. Eu sinto cheiro e gosto a distancia!

    ResponderExcluir
  11. @Jucifer: Os doutores acharam que eu não comi nada dela, nem o rabinho, ou seria cabeça?! Ou queriam melhorar a situação dizendo que ela estava íntegra e minha boca sã e salva!

    ResponderExcluir
  12. @Jackie Freitas: Lá no blog já me disseram ter proteínas... que é problema cultura... sim, antes ela do que escorpioes fritos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Sis,

    Mais uma vez descubro que temos algumas coisas em comum...

    Tive há muitos anos atrás uma experiiência similar a esta sua:

    Fui comer um cheeseburger com uma amiga. Ele veio num prato devidamente dividido. Quando eu estava terminando de saborear a primeira metade, fiquei estarrecida ao observar um bichinho verde (aquele da alface, sabe?) me espiando na outra metade.

    Como você, por um momento fiquei me perguntando se por acaso não havia ingerido algum irmão dele na parte que já havia comido.

    Mas naquela época nada me parecia problema. Com muita "sabedoria" avaliei que nada mais poderia ser feito em relação ao "irmão". E como a fome ainda persistia, depois de uma análise cuidadosa da última metade que restara e de onde surgira a criaturinha que já tinha sido despejada do seu esconderijo, terminei tranquilamente o meu lanche.

    Apesar de ter sobrevivido a este evento aparentemente sem sequelas, tenho certeza que hoje não teria tamanha "sabedoria" e muito menos a mesma serenidade...rsrsrs.

    Adorei a sua história...

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Que Post Fantástico!
    DD. FADA SISSYM:
    Kkkkkkkkkkkkk
    Acontece, de quando em quando somos surpreendidos por essas cobrinhas.
    Contagiou. Mexeu. Valeu.
    Parabéns por mais um excelente Post!
    Fraternalmente,
    LISON.

    ResponderExcluir
  15. Sissym

    Tadinha de você, se tivesse la seria solidaria, nesse tao nojento momento que vivenciou, se fosse comigo, acho que teria um treco, detesto esse bichinho tao horripilante,mas como você poderia imaginar ,deveria ter comido os pimentoes mesmo.

    Bjs no coração

    ResponderExcluir
  16. Sissym Kkkkkk...gostei!
    Olha,eu vim te convidar para a promoção
    lá no meu blog.
    Te espero!
    Beijosssssssssss
    Simone Souza

    ResponderExcluir
  17. @Mari Costa: a sorte que ela não acenou para mim! kkkkkk

    ResponderExcluir
  18. @LISON COSTA: Ahhhhhhh pior quando encontramos nos alimentos, são cozidos e nem imaginamos!

    ResponderExcluir
  19. @blogdacomentarista: aiiiiiiiiiiiiiii que corajosa... nesses momentos eu perco a fome no ato! eu nao posso ver nada errado em comida, ou copos sujos, que perdo o apetite.

    ResponderExcluir
  20. Menina que situação! fiquei aterrorizada, não sei se morria engasgada ou de medo de ver a criatura quase engolida...

    kkkk
    ôooooooo situação!
    bjs

    ResponderExcluir
  21. kkkkkkkkkkkkkkkk

    Gostei, acho que deve ter sido legal essa cena, pena que eu não presenciei...brincadeira não gostei não kkkkkkkkkkkkkk
    Ri demais, muito hilário seu post.

    :)

    ResponderExcluir
  22. nunca tratei vc por simoninha, e não vai ser a partir de hoje que vou, ousar, te chamar assim.
    depois dessa história macabra e horripilante, me recuso a despertar em vc qualquer lampejo que faça alusão ao acontecimento mais melequento que conheço, tão de perto.
    sissyzinha, pra sempre sissyzinha. beijo.

    ResponderExcluir
  23. Grande Sissym a questão basica que você não tinha ingerido nada de proteina e uma "largatinha" não ia fazer mal.

    ResponderExcluir
  24. @Topmaiz: Provalvemente, vc ia mexer comigo... nao se preocupe, depois eu ri!

    ResponderExcluir
  25. @Albuq: Não descia de jeito nenhum, conscientemente não dá! kkkk

    ResponderExcluir
  26. @requeri-mangachupada: uma vez, numa pensão, tinha uma barata morta dentro do feijao, nunca mais comi feijao na rua!

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada