Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, fevereiro 01, 2009

Sapoti



Sapoti
minha mão não alcança a ti
somente um muro divide
a frondosa árvore de mim.
Quando os morcegos trazem
e os frutos deles caem
só tenho a agradecer
aquele vôo justo ao anoitecer.
Apesar de meu quintal
ser tão colossal
o pé de sapoti não ficou
em nossa quinta.
Não faz mal
todo mês é possível
fazer permuta
da adocicada fruta.

(Sissym)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

6 comentários:

  1. Que talentosa querida! Parabéns.

    Obrigada pelo comentário, talvez o Michael Jackson é que tenha sido responsável por aquilo, rs...

    ResponderExcluir
  2. Nossa esse texto é seu??
    vc é muito criativa e escreve muito bem parabens..
    abraçoss
    tenha uma otima semana

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sissym!
    Obrigada pela visita e comentário tão carinhoso.
    Fico feliz de saber que temos um tiquinho de participação nesse seu desabrochar poético.
    Mas pelo que vejo nos seus versos de "Sapoti", já tens ai dentro, muito material para ser versado.
    Se mostra uma admiradora das coisas simples e são elas, as boas sementes.
    Comigo começou assim também.:)
    Floreci as sementes do que vi e senti em toda a minha vida e, não pretendo parar jamais.
    Escreva querida! Faz bem pra alma e para o coração.
    Beijinhus

    ResponderExcluir
  4. Sissy,
    Que bom saber que tenho uma amiga tão talentosa,gosto demais de sapoti e tambem gostei do poema.
    Um grande beijo,amiga.

    ResponderExcluir
  5. Sissy, excelente poema. Puro, bem escrito e, mais importante ainda, com um mensagem social muito sutil: a idéia de dividir, de não precisar ser o proprietário 'oficial' de algo para desfrutar do mesmo.

    Parabéns, Poetisa!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, Sissy. Por onde vc andava? bjs

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada