Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

quarta-feira, junho 10, 2009

Vai um pastel?!


Eu devo dizer que bobagens, especialmente frituras, não me apetecem! Elas não me enchem a boca d'água. Eu deveria ser a Olivia Palito, porque o que me enche a boca d'água é ver um prato super colorido de saladas e legumes. Na verdade eu já fui super magra, acho que os anos passam e modificam nossos corpos. Quando vou às festinhas de aniversários infantis, claro, como algumas gostosuras, mas limitada.


Só que algumas vezes, mesmo que raramente, baixa um santo em mim: da gulodice ou TPM?! Não sei... acho que não tenho TPM! Teve uma época até que pensei ter, agora devo ser uma alienígena. Posso ser, depois daquele OVNI nos céus cariocas (23.05.09), os ETs abduziram o Fortunato ao vivo e em cores e eu a longa distância mesmo.

Só que ontem, terça-feira, desci do ônibus na frente do Shopping da Gávea e com o firme propósito de comer um pastel. Ali, bem na entrada, tem uma pastelaria desde o tempo da Idade da Pedra. Eu queria mesmo era um de carne, mas não posso comer pimentão, sou alérgica. Então solicitei um napolitano e.... uma Pepsi light (imaginem só a compensação!).

Fiquei imaginando, enquanto saboreava o pastel, em tantas coisas...


Eu voltei ao tempo, quando fazia o pré-vestibular em Botafogo, próximo ao Shopping Rio-Sul. Naquele tempo, no segundo piso, havia uma pastelaria maravilhosa. Os sabores eram divinos e até hoje não comi nada parecido em lojas deste tipo. Naquela ex-pastelaria vendiam de carne temperada e sem pimentões. Por que colocam pimentões em tudo se eles são indigestos?!

Ainda enquanto mastigava, lembrava dos pastéis feitos em casa, quando mais jovem. O meu pai era o cozinheiro da família e aproveitava alguma sobra para fazer recheio. Só poderiam ser de outro planeta, porque meu pai era um cozinheiro de outro planeta mesmo!

Outra coisa interessante a lembrar são de pontos alimentícios no Centro do Rio de Janeiro. Eu trabalhei alguns anos perto do Largo da Carioca e na rua de mesmo nome tinham algumas pastelarias pé-de-chinelos, porém viviam cheias. Eu nunca tive coragem de comer em nenhuma delas, eu sou super fresca com higiene, se eu vejo algo suspeito, não como de jeito nenhum. Eu sou uma chata que consegue ver sujeira em prato, talheres e copos!

Aterrisando perto do dia 09 de Junho de 2009, lembrei que crianças amam pastéis de vento. E minha filha gosta de pastel de vento e eu já adorei um dia também. Só que de vento não tem nada! Eles saem quentes, melhor fazer orifícios em cada canto superior, do contrário, só mesmo o Corpo de Bombeiros para apagar o incêndio bucal.

Após sonhar um pouco e me dar por satisfeita, da mesma maneira que entrei, saí. Não tinha nenhuma vontade de passear. Então coloquei mais algumas calorias para dentro, não me senti culpada e no dia seguinte meu jeans adorado ainda coube em mim! Vivre la vie!

E então, vai um pastel aí?!

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

5 comentários:

  1. Você pooooode. E o pastel foi o seu gosto de reminiscências.

    ResponderExcluir
  2. Olha o que vc fez comigo Sissym, são exatamente 23:39hs, e acabo de descobrir que se eu não sair agora pra comer um pastel de carne(com pimentão) não irei conseguir dormir. Oh Deus, lá vou eu...

    ResponderExcluir
  3. Que coincidência. Hoje indo pra aula de pós-graduação parei em uma pastelaria que tem perto da faculdade e comi um pastel também acompanhado de um delicioso caldo de cana com limão. Não tem nada melhor, rs. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. que fome! Ler isso me deu uma fome...rs...pena que ainda é quinta e feira é só no sabado agora... :(

    ResponderExcluir
  5. É triste engordar,né???
    Mas como é bom comer, ainda mais um pastel que trouxe tantas lembranças.
    Tenha uma boa noite!

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada