Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, março 13, 2010

A Goleira

Na verdade eu merecia era uma coleira... não por ser excelente e pegar todas, justamente por ser o contrário e deixar entrar todas...

Este post dedico ao Lison, porque o comentário dele que inspirou a viagem ao tempo:

LISON deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Quando o prédio vem abaixo...":

Saudações!
Que Post Fantástico!
Amiga SISSYM, é interessante a paixão por um clube de futebol, com sinceridade, sou apenas um admirador do futebol, quando era jovem joguei muito pouco, fui goleiro, tomava cada frango só vivia na reserva, mas ia ajudar o pessoal.
Gostei muito de seu relato. Cuidado com o prédio.viu.
Parabéns por mais um excelente Post!
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Abraços,
LISON.

Era uma vez uma garotinha magricelinha das perninhas grossas chamada Simone. Eu!!! E eu era cheia de idéias... O professor de Educação Física, Sr Fernando, dava aulas para as turmas do Castelo, Macaé. Ele me adorava, nem sei o por que... talvez porque era uma veloz corredora de 100 metros rasos e/ou com barreira, só isso... do resto... era uma negação. Eu odiava brincadeiras com bolas, tinha umas garotas tão grandes, tomar uma bolada poderia me levar aos portões do céu!

Então, nem sei como explicar isso... eu tenho um diploma de atleta de Handball! Se contasse sobre os treinos... imaginem só euzinha, uma das menorezinhas... quando ele solicitava que eu fosse para o gol. Eu argumentava e ele dizia: "- não, vai prá lá e pegue todas".

Não demorava muito para as jogadoras da minha equipe apontarem para mim chateadas, porque era só ver uma bola vindo na direção que eu colocava o corpo no sentido contrário. Eu lembro perfeitamente quantas foram as vezes que abracei amorosamente a trave, tentando me encolher e me esconder atrás de uns 10 centímetros de madeira... creio eu...

E mesmo assim, passados 12 meses, recebi o diploma! Isso é realmente inacreditável.

Talvez voces pensem que nunca encarei uma bola. Não é bem assim, porque meus primos faziam com que eu jogasse futebol com eles. Isso achava mais interessante, sem usar os dedos de minhas mãos. Eles diziam que eu tinha um chute forte. Já na Faculdade da Cidade... antiga C-11 ... eu me inscrevi.. isso mesmo, para "aprender" jogar volei. Até que fui bem e não entortei nenhum dedo.

O que sempre desejei, mas nunca pude experimentar, era jogar basquete. É o jogo de bola que mais curto. Acho o máximo.

Não sou o zero a esquerda de qualquer assunto de aptidão física, eu adorava e era excelente nadadora.... isso é para outra história.

Eis o meu diploma!




Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

10 comentários:

  1. Sis,

    Adorei!

    Você matou a cobra e mostrou o pau... kkkkkkk

    Um diploma de jogadora... Quem diria heim?

    São tantas histórias guardadas no nosso baú não é? Mas é tão bom poder recordar esses momentos que foram mágicos em nossas vidas!

    Ficam os diplomas e a saudade...

    Bjs.

    Ro.

    ResponderExcluir
  2. Sissy, I knew you had it in you! I'm am so proud of your courage to be a goalie!! I am glad you treasure that diploma. I really enjoyed sports in school and played football here in the U.S. (a little different). I know you will enjoy the sport when we can watch it together and I will explain it to you. You have such a keen memory, it is always a pleasure to hear one of your childhood stories!! Love, Craig

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sissy, não poderia deixar de passar aqui hoje, nO DIA NACIONAL DA POESIA, ainda mais sabendo que temos aqui uma ótima poetisa.
    A minha homenagem, então, pra você!
    Beijos e bom domingo!

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga Sissym!
    Gostei do diploma. Está oficialmente convidada para jogar no time de handbol da minha esposa... (risos)... brincadeira... minha esposa diz que pratica qualquer esporte, desde que não envolva o uso de esferas... :-) rsrsrs
    Adorei a história de infancia.
    Hoje eu só pratico natação, mas antes jogava muito futebol e basquete (mas não em função do tempo ser menor... risos).
    Beijo fadinha querida.
    Fernandez.

    ResponderExcluir
  5. Que Post Fantástico!
    Amiga SISSYM, parabenizo-a por mais um magnífico Post!
    O mais importante é que você mantém um verdadeiro acervo de seus feitos de estudante e isso é raro, haja a vista, que não são todos que conseguem guardar as tenras recordações marcantes por tanto tempo.
    Amiga, a narrativa, com sempre está impecável e quando você elegeu o vídeo fechou com chave de ouro o seu artigo.
    Felicito-a pelo lindo texto, que, tenho muito certeza lá na frente será mais uma peça para outros registros, quem sabe, até sua biografia.
    Obrigado pela lembraça!
    Contagiou. Mexeu. Valeu.
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  6. goleiro tem de ter coragem. o Ronaldo ex-goleiro do Corinthians saía com a cara nos pé dos cara. aquilo é que era goleiro. agora ele é comentarista na RedeTV!.

    ResponderExcluir
  7. Oi Sissym, nao te esqueci nao. ando ocupadissimo, e ocupando mais e mais o meu tempo. Mas quem lembrar desse ser esquisito, eu tb lembro. ahahahah. As pessoas que visitam meu blog, estou retribuindo. E pouco entrando no diHITT. E sobre vc achar q esqueci. Pensei o mesmo, afinal vc sabe o pq.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá querida amiga Sissym,

    Excelente postagem, parabéns!

    Adorei saber das suas aptidões em esportes.

    Quando era estudante,(faz tempooooo!!!) as meninas jogavam queimada e os meninos, futebol de salão. Eu e a Eiko éramos as melhores, não conseguiam pegar-nos(queimar), mas não porque desviássemos da bola, como faziam as outras alunas, mas porque íamos de encontro à bola para agarrá-la. Não deixávamos passar uma sequer. Daí, quando faltava goleiro no jogo de futebol, nós duas sempre íamos participar. E é claro, né, eles bem que gostavam de ver meninas no jogo.rsrs..
    Amei fadinha, conte mais.
    Beijos.
    Carinhoso e fraterno abraço.
    Lilian

    ResponderExcluir
  9. Olha, não ligue, na minha época de menino eu era o goleiro,ou zagueiro...

    E a parte mais traumatica foi jogar futebol com as meninas, sem muita zoação, as meninas da minha turma na época simples vieram em cima da menino que estava com a bola, todas elas...

    Hua, kkk, ha, ha, eu ri toda vez que eu lembro da cena.

    Fique com Deus, menina Sissym.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Excelente materia! Continue assim, com sues cometários brilhantes.

    http://professormauroviana.blogspot.com/p/quem-somos.html

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada