Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, novembro 28, 2009

A correnteza do rio



Não adianta acelerar a correnteza do rio...
mas vale a pena contemplar suas margens
o curso que ele segue é único e obrigatório
ser vida cristalina na água e nas folhagens

No espelho que se forma da luz e sombra
olhando fixamente podemos fazer viagem
a outro mundo paralelo que ora assombra
noutras se desfaz devido a muita coragem

Reserve minutos, inspire profundamente
sinta o cheiro da terra molhada, selvagem
perceba a beleza desta vida pura latejante
que transmite o sistema da vida e imagem

A correnteza desagua nas lágrimas do rio
nasce na cabeça, percorre até ter o coração
esgota-se de certezas ou não por ser factício
explora as possibilidades buscando asserção.

(por Sissym)


"Não tenho certeza de nada,
mas a visão das estrelas
me faz sonhar.
- Vincent Van Gogh"

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails

5 comentários:

  1. Olá Sis,

    Mais uma poesia de quem tem a sensibilidade aflorada... profunda mesmo. Parabéns!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Saudações!
    Amiga Sissym,
    Que Post Fantástico!
    Com sinceridade, esta Poesia é muito profunda, essa você foi desarquivar nos recônditos da alma.
    Meus parabéns pelo belo Poema!
    É muito linda a imagem!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  3. Sissy, I feel your thoughts in my heart. After reading this....I close my eyes and take a deep breath and I can feel the damp earth under my feet. Let the river take any tears you have....The video is so beautiful. Beijos sem fim, Craig

    ResponderExcluir
  4. E o vento leva a folha distante..

    A crisálida se abre e com um leve beijo acolheu a pétala do orvalho e a pétala cai no rio

    E o tempo se vai...

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Caso queira participar, convido-lhe para receber meu primeiro selo :D

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada